Callovosaurus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCallovosaurus
Ocorrência: Jurássico Médio
163 Ma
Ilustração
Ilustração
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Clado: Dinosauria
Ordem: Ornithischia
Subordem: Ornithopoda
Família: Dryosauridae
Género: Callovosaurus
Espécie-tipo
Callovosaurus leedsi
Lydekker, 1889
(originalmente, Camptosaurus leedsi)

Callovosaurus (Callovosaurus leedsi, do latim "lagarto calloviano") foi uma espécie de dinossauro iguanodontiano, herbívoro que viveu no período Jurássico médio há cerca de 163 milhões de anos. Foi descoberto a partir de um fêmur encontrado em meio a rochas datadas do período Jurássico Médio, que se encontram na Inglaterra.

História e descrição[editar | editar código-fonte]

A descrição do Callovosaurus é baseado em um quase completo osso da coxa esquerda. Esta espécie é datada do período Calloviano (Jurássico Médio). Este, foi descoberto na Oxford Clay Formation, uma formação rochosa que se encontra perto de Peterborough, em Cambridgeshire na Inglaterra. O osso tem 28cm de comprimento, e estima-se ter pertencido a um animal de aproximadamente 2,5 metros de comprimento. Uma parte de um osso da canela, encontrado nas proximidades, também pode ter pertencido ao mesmo Callovosaurus.[1]

A espécie-tipo, C. leedsi, foi descrita pela primeira vez por Richard Lydekker em 1889, como sendo Camptosaurus leedsi, sendo o nome específico, uma homenagem à Alfred Nicholson Leeds, um colecionador de fósseis.[2] Charles W. Gilmore sugeriu em 1909 que era mais provável que o osso fosse de uma espécie de Dryosaurus do que de um Camptosaurus,[3]

O Camptosaurus leedsi atraiu pouca atenção durante décadas, até que Peter Galton fez uma revisão da espécie. Primeiro, observou uma peculiaridade em uma revisão de um inglês sobre o hipsilofodonte.[4] Em seguida, em 1980, Galton nomeou a espécie de Callovosaurus, por vezes, ainda dita como Camptosaurus[5] Embora seja considerado um iguanodontiano duvidoso em vários comentários (que se referem a ele como "Camptosaurus" leedsi),[6][7] Jose Ignacio Ruiz-Omeñaca e outros autores, consideram Callovosaurus um gênero válido, sendo o driosaurídeo mais velho conhecido.[1]

Paleoecologia[editar | editar código-fonte]

A dieta dos Callovossauros, como a de outros iguanodontianos, foi composta de material vegetal. É um dos primeiros membros conhecidos da linhagem iguanodontiana.[8]

Referências

  1. a b Ruiz-Omeñaca, José Ignacio; Pereda Suberbiola, Xabier; and Galton, Peter M. (2007). «Callovosaurus leedsi, the earliest dryosaurid dinosaur (Ornithischia: Euornithopoda) from the Middle Jurassic of England». In: Carpenter, Kenneth (ed.). Horns and Beaks: Ceratopsian and Ornithopod Dinosaurs. Bloomington and Indianapolis: Indiana University Press. pp. 3–16. ISBN 0-253-34817-X 
  2. Lydekker, Richard (1889). «On the remains and affinities of five genera of Mesozoic reptiles». Quarterly Journal of the Geological Society of London. 45: 41–59. doi:10.1144/GSL.JGS.1889.045.01-04.04 
  3. Gilmore, Charles W. (1909). «Osteology of the Jurassic reptile Camptosaurus, with a revision of the genus, and description of two new species». Proceedings of the United States National Museum. 36: 197–332 
  4. Galton, Peter M. (1975). «English hypsilophodontid dinosaurs (Reptilia:Ornithischia)» (pdf). Palaeontology. 18 (4): 741–752 
  5. Galton, Peter M. (1980). «European Jurassic ornithopod dinosaurs of the families Hypsilophodontidae and Camptosauridae». Neues Jahrbuch für Geologie und Paläontologie, Abhandlungen. 160 (1): 73–95 
  6. Norman, David B.; Weishampel, David B. (1990). «Iguanodontidae and related ornithopods». In: Weishampel, David B.; Dodson, Peter; and Osmólska, Halszka (eds.). The Dinosauria. Berkeley: University of California Press. pp. 510–533. ISBN 0-520-06727-4 
  7. Norman, David B. (2004). «Basal Iguanodontia». In: Weishampel, D.B., Dodson, P., and Osmólska, H. (eds.). The Dinosauria 2nd ed. Berkeley: University of California Press. pp. 413–437. ISBN 0-520-24209-2 
  8. Palmer, D., ed. (1999). The Marshall Illustrated Encyclopedia of Dinosaurs and Prehistoric Animals. London: Marshall Editions. p. 142. ISBN 1-84028-152-9 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal: