Camada de aplicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Modelo OSI
Camada Protocolo
7.Aplicação HTTP, RTP, SMTP, FTP, SSH, Telnet, SIP, RDP, IRC, SNMP, NNTP, POP3, IMAP, BitTorrent, DNS, Ping ...
6.Apresentação XDR, TLS ...
5.Sessão NetBIOS ...
4.Transporte NetBEUI, TCP, UDP, SCTP, DCCP, RIP ...
3.Rede IP (IPv4, IPv6), IPsec, ICMP, ARP, RARP, NAT ...
2.Enlace Ethernet, IEEE 802.1Q, HDLC, Token ring, FDDI, PPP, Switch, Frame relay, ATM ...
1.Física Modem, , 802.11 Wi-Fi RDIS, RS-232, EIA-422, RS-449, Bluetooth, USB, 10BASE-T, 100BASE-TX, ISDN, SONET, DSL ...

A camada de aplicação é um termo utilizado em redes de computadores para designar a sétima camada do modelo OSI. É responsável por prover serviços para aplicações de modo a separar a existência de comunicação em rede entre processos de diferentes computadores. Também é a camada número cinco do modelo TCP/IP (podendo ser a número quatro dependendo do autor) que engloba também as camadas de apresentação e sessão no Modelo OSI.

Ela contém os protocolos de nível mais alto (TELNET, FTP, SMTP, DNS, HTTP, RTP, etc.).[1]

Na definição do Modelo OSI, foi definida que esta camada fizesse a comunicação entre a rede e os aplicativos instalados na máquina. Toda a comunicação de rede que a máquina fizer, deve ser primeiramente passada por esta camada.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Redes de Computadores - 5 edição - Tanenbaum/Wetherall
Ícone de esboço Este artigo sobre redes de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.