Caminhos do Sul de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Clube de Campo Cachoeira Ninho da Águia, em Delfim Moreira, uma das cidades do circuito, possui diversas quedas d'água como essa.

Caminhos do Sul de Minas é um circuito turístico do estado brasileiro de Minas Gerais que reúne nove municípios do sul do estado: Conceição das Pedras, Cristina, Delfim Moreira, Marmelópolis, Pedralva, Piranguçu, Piranguinho, Santa Rita do Sapucaí.[1] Fazem parte desse circuito as rodovias BR-383, BR-459, MG-295, MG-347 e MG-350.

Ecoturismo[editar | editar código-fonte]

Capela Nossa Senhora do Carmo em Piranguinho.

Uma das maiores atrações desse circuito é o ecoturismo, devido à grande quantidade de cachoeiras e montanhas da região. Em Itajubá, a Pedra Aguda e a Pedra Vermelha estão abertas a visitação, e podem ser escaladas com um guia.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

A maior atração gastronômica da região é o pé-de-moleque de Piranguinho, onde diversas barracas comercializam o doce. Anualmente, durante a festa junina, as barracas se unem para criar o maior pé-de-moleque do mundo. Essa festa atrai muitos visitantes, que depois recebem um pedaço do doce.[2]

Museus[editar | editar código-fonte]

O circuito conta com o Museu do Trem, em Cristina, e o Museu Municipal Delfim Moreira da Costa Ribeiro, em Santa Rita do Sapucaí.[3]

Referências

  1. «Listagem dos Circuitos Turísticos» (PDF). Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. 27 páginas. Consultado em 10 de dezembro de 2011 
  2. Portal G1 - Notícias - Festa junina de MG tem pé-de-moleque de 800 kg - Atualizado em 09/06/08[1]
  3. Instituto Brasileiro de Museus (2011). Guia dos Museus Brasileiros (PDF). Brasília: Ibram. p. 54, 76. ISBN 978-85-63078-12-4. Consultado em 12 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.