Canastra (circuito turístico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cachoeira Casca d'Anta, no município de São Roque de Minas.

Canastra é um circuito turístico do estado brasileiro de Minas Gerais.

Localização[editar | editar código-fonte]

Localizado na confluência das mesorregiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e do Oeste de Minas, o circuito é constituído por seis municípios: Araxá, Campos Altos, Perdizes, Sacramento, São Roque de Minas e Tapira.[1]

Acesso[editar | editar código-fonte]

As principais rodovias que integram os municípios do circuito são as federais BR-146, BR-262 e BR-452, além da rodovia estadual MG-428.[2] O circuito é servido ainda pelo Aeroporto de Araxá, que tem voos regulares para Belo Horizonte, São Paulo-Guarulhos, Uberaba e Uberlândia.[3]

Patrimônio natural[editar | editar código-fonte]

O circuito se destaca pela presença do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde está localizada a nascente histórica do rio São Francisco.[4]

Patrimônio histórico[editar | editar código-fonte]

Complexo Hidrotermal e Hoteleiro do Barreiro, em Araxá.

Dentre as edificações que constituem o patrimônio histórico tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais estão a capela de São Sebastião[5] e o Complexo Hidrotermal e Hoteleiro do Barreiro,[6] em Araxá, e as igrejas de Nossa Senhora do Desterro[7] e de Nossa Senhora do Rosário[8] em Sacramento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Listagem dos Circuitos Turísticos» (PDF). Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. p. 9. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  2. «Circuito Turístico da Canastra». Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  3. «TRIP Regional (T4) voos a partir de Araxa (AAX)». Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  4. SILVA, P.A.; et al. (abril de 2003). «Determinação da extensão do Rio São Francisco» (PDF). Anais do XI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. pp. 393–400. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  5. «Capela de São Sebastião». Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  6. «Complexo Hidrotermal e Hoteleiro do Barreiro». Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  7. «Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro». Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 
  8. «Igreja de Nossa Senhora do Rosário». Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Website oficial

Ícone de esboço Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.