Circuito Turístico das Pedras Preciosas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gema (mineralogia).
Igreja matriz de Padre Paraíso.

Pedras Preciosas é um circuito turístico do estado brasileiro de Minas Gerais.

Localização[editar | editar código-fonte]

Localizado na confluência de três mesorregiões do estado - Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce - o circuito é constituído por 21 municípios: Água Boa, Angelândia, Campanário, Capelinha, Caraí, Carlos Chagas, Catuji, Francisco Badaró, Itamarandiba, Itambacuri, Jenipapo de Minas, Ladainha, Malacacheta, Minas Novas, Nanuque, Novo Cruzeiro, Novo Oriente de Minas, Padre Paraíso, Pavão, Santa Maria do Suaçuí e Teófilo Otoni.[1][2]

Acesso[editar | editar código-fonte]

As principais rodovias que integram os municípios do circuito são as federais BR-116, BR-120, BR-342, BR-418 e BR-451 e as estaduais MG-117, MG-211, MG-217, MG-308 e LMG-719. Há ainda dois aeroportos, um em Teófilo Otoni e outro em Nanuque.[1]

Referências

  1. a b «Circuito Turístico Pedras Preciosas». Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  2. «Listagem dos Circuitos Turísticos» (PDF). Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. p. 47. Consultado em 15 de janeiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Website oficial

Ícone de esboço Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.