Jenipapo de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jenipapo de Minas
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico jenipapense [1]
Localização
Localização de Jenipapo de Minas em Minas Gerais
Localização de Jenipapo de Minas em Minas Gerais
Mapa de Jenipapo de Minas
Coordenadas 17° 04' 58" S 42° 15' 28" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Francisco Badaró, Araçuaí, Novo Cruzeiro e Chapada do Norte[2]
Distância até a capital 734[3] km
História
Fundação 22 de dezembro de 1995 (25 anos)
Administração
Prefeito(a) Carlos José de Jesus Sena (AVANTE, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [6] 284,453 km²
População total (est. IBGE/2019[7]) 7 692 hab.
Densidade 27 hab./km²
Clima tropical com estação seca[4] (Aw)
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 39645-000 a 39647-999[5]
Indicadores
IDH (PNUD/2000[8]) 0,588 baixo
PIB (IBGE/2008[9]) R$ 24 603,939 mil
PIB per capita (IBGE/2008[9]) R$ 3 427,69
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião[10]
Sítio jenipapodeminas.mg.gov.br (Prefeitura)
camarajenipapo.cam.mg.gov.br (Câmara)

Jenipapo de Minas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Faz parte do Circuito Turístico das Pedras Preciosas.

História[editar | editar código-fonte]

O municípo de Jenipapo de Minas foi emancipado em 22 de dezembro de 1995, por força da Lei Nº 12.030.[11]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A população estimada em 2019 era de 7 692 habitantes.[7]

Encontra-se numa região de caatinga com faixas de cerrado e está cercado por uma cadeia de pequenas montanhas das quais se destacam: o monte Alegre e Tamanduá sua flora é constituída de arvores não perenes de tronco grosso e retorcidos as principais espécies encontradas são o: ipê amarelo, ipê o roxo, o pequizeiro, o jenipapeiro (que dá nome a cidade) entre uma série de outras sua fauna é constituída de animais típicos tanto da caatinga quanto do cerrado como o tatu, veado campeiro, tamanduás, jacarés, emas, canários, jaguatiricas e outros.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Cortado pelo rio Setúbal de porte pequeno que vem a desembocar no rio Araçuaí e posteriormente no rio Jequitinhonha O Rio Setúbal, teve no ano de 2010, inaugurada sua barragem no município de Jenipapo de Minas com o Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva que relembrou a importância da obra para a perenização do rio e também do processo que desencadeou na construção da mesma. O presidente creditou a barragem não somente aos recursos vindos da união e do estado mas principalmente a duas mulheres, Terezinha Vaz Lisboa e Lucia Batista, que fizeram por essa barragem uma campanha que se iniciou no ano de 1991.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «IBGE Cidades@». O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de agosto de 2009. Arquivado do original em 30 de abril de 2012 
  2. «Jenipapo de Minas». Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Consultado em 12 de junho de 2017 
  3. «Distâncias entre Municípios de Minas e Belo Horizonte». Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais. Consultado em 12 de junho de 2017. Arquivado do original em 19 de janeiro de 2014 
  4. «Clima Jenipapo de Minas». Consultado em 16 de julho de 2019 
  5. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  6. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  7. a b «Estimativas populacional de 2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  8. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  9. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  10. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 1. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  11. «Jenipapo de Minas». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 26 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.