Campeonato Azerbaijão de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Azərbaycan Premyer Liqası
Azerbaijan Premier League.png
Dados gerais
Organização AFFA
Edições 27
Local de disputa Flag of Azerbaijan.svg Azerbaijão
Sistema Temporada, Pontos corridos
editar

A Liga do Azerbaijão (em azeri: Azərbaycan Premyer Liqası), atualmente chamada Topaz Premyer Liqası por razões de patrocínio, é a principal divisão do futebol no Azerbaijão. A liga é disputada por 8 equipes e a temporada vai de agosto a maio. O vencedor entra na Liga dos Campeões da UEFA a partir da primeira pré-eliminatória.

A Top Division (em azeri: Yüksək Liqa), que existiu de 1992, após o país se desligar da URSS, a 2007, foi a primeira competião em alto nível de times azeris. Foi sucedida pela Primeira Liga do Azerbaijão, organizada pela primeira vez em 2007.

Desde 1992, um total de 8 clubes já foram coroados campeões do campeonato de futebol do Azerbaijão. O atual campeão é o FK Qarabağ, que conquistou o título na temporada 2018-19 pela sétima vez.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Anos 1990[editar | editar código-fonte]

A liga foi dominada por equipes como Neftçi Baku, Kapaz, Turan Tovuz e Shamkir. Porém, as dificuldades financeiras tiveram um impacto negativo nos clubes locais e a maioria dos times como Khazri Buzovna, Shamkir, Vilash Masalli e Shafa Baku faliram devido às crescentes dívidas.[2] Em 1997, o Kapaz ficou conhecido por sua invencibilidade, já que o recorde do clube na temporada 1997-1998 foi de 22 vitórias, 4 empates e 0 derrotas, dos 26 jogos no total, uma série invicta que não foi igualada em nenhuma temporada por nenhuma equipe. em qualquer divisão da liga do Azerbaijão.

Anos 2000[editar | editar código-fonte]

Sob o comando de Gurban Gurbanov, o Qarabağ tornou-se o segundo time a representar o Azerbaijão na Liga Europa.

Quando a liga entrou em um novo século, o Neftçi Baku se viu diante de novos desafiantes. O time foi desafiado pelos emergentes Khazar Lankaran, Inter Baku e Bakı FC em ambas as competições. O futebol do país sofreu um duro golpe em 2002, quando a UEFA impôs uma proibição de dois anos em resposta a um conflito de longa data entre a Associação de Federações de Futebol do Azerbaijão e a maioria dos principais clubes do país. O campeonato nacional foi abandonado como resultado do conflito e os principais clubes impediram seus jogadores de jogar pela seleção nacional, com autoridades fiscais investigando as alegações de fraude na federação do Azerbaijão.[3] Sob a gestão de Agaselim Mirjavadov, o Khazar Lankaran terminou como vencedor da Copa do Azerbaijão em 2006 e 2007, enquanto se tornou campeão da liga em 2006-07, apesar de ter perdido o título para o Neftçi em 2004-05 durante o play-off do campeonato. O Qarabağ foi a primeira equipe da história do Azerbaijão a chegar a rodadas de play-off (a última antes da fase de grupos) da Liga Europa nas temporadas 2009-10, quando passou pelos favoritos Rosenborg da Noruega e Honka da Finlândia, até parar no Twente da Holanda e 2010-11, quando passou por FK Metalurg Skopje da Macedônia do Norte, Portadown F.C. da Irlanda do Norte e Wisła Kraków da Polônia. No play-off porém foi derrotado pelo Borussia Dortmund da Alemanha por 5-0 no placar agregado.

Anos 2010[editar | editar código-fonte]

Liderado por Gurban Gurbanov, o Qarabağ tornou-se o segundo time a representar o Azerbaijão na Liga Europa.

Os anos 2010 trouxeram um começo brilhante, com Neftçi emergindo como campeão após seis anos da tentativas mal sucedidas. Na temporada seguinte, o Neftçi repetiu a proeza, depois de conquistar o sétimo título na história do clube. Naquele ano, o Neftçi Baku tornou-se o primeiro time do Azerbaijão a avançar para a fase de grupos de uma competição europeia, no caso, a |Liga Europa. Na temporada 2012–13, o Neftçi conseguiu o tricampeonato. Na temporada 2013-2014, o Qarabağ conseguiu vencer o seu segundo título após 21 anos, dando início a uma sequência arrasadora que continua até o momento, conquistando o título nacional seis vezes seguidas. Em 2014, o Qarabağ tornou-se a segunda equipe do Azerbaijão a avançar para a fase de grupos da Liga Europa. Após uma participação consecutiva na Liga Europa, em 2017, o Qarabağ tornou-se o primeiro time do Azerbaijão a alcançar a fase de grupos da Liga dos Campeões,[4] ao passar nas fases eiminatórias por Samtredia, Sheriff Tiraspol e Copenhague.

Formato de disputa[editar | editar código-fonte]

O formato da competição segue o formato habitual de jogos de ida e volta. Durante o período de uma temporada, que dura de agosto a maio, cada clube joga contra todos os outros clubes quatro vezes, duas vezes em casa e duas vezes fora, totalizando 28 partidas. As equipes recebem três pontos por vitória, um ponto por empate e nenhum ponto por perda. As equipes são classificadas pelo total de pontos, com o clube de melhor classificação no final da temporada sendo coroado campeão.

Existe um sistema de promoção e despromoção entre a Primeira Liga do Azerbaijão e a Primeira Divisão do Azerbaijão. A equipe de menor colocação na Premier League é rebaixada para a Primeira Divisão e a equipe campeã da Primeira Divisão é promovida à Premier League. Abaixo está um registro completo de quantas equipes jogaram em cada temporada ao longo da história da liga:

 
  • 26 clubes = 1992
  • 20 clubes = 1993
  • 16 clubes = 1993–94
  • 13 clubes = 1994–95
  • 11 clubes = 1995–96
  • 16 clubes = 1996–97
  • 15 clubes = 1997–98
  • 14 clubes = 1998–99

  • 12 clubes = 1999–00
  • 11 clubes = 2000–01
  • 12 clubes = 2001–02
  • 10 clubes = 2002–03
  • 14 clubes = 2003–04
  • 18 clubes = 2004–05
  • 14 clubes = 2005–06
  • 13 clubes = 2006–07

  • 14 clubes = 2007–09
  • 12 clubes = 2009–13
  • 10 clubes = 2013–14
  • 9 clubes = 2014–15
  • 10 clubes = 2015–16
  • 8 clubes = 2016–presente

Times da temporada 2019–2020[editar | editar código-fonte]

Nota: A tabela está em ordem alfabética.
Time[5] Localização Estádio Capacidade[6]
Keşla Baku ASK Arena 5.300
Neftçi Baku Baku Bakcell Arena 11.000
Qabala Qabala Gabala City Stadium 4.500
Qarabağ Baku Azersun Arena 5.800
Sabah Baku Alinja Arena 13.000
Səbail Səbail, Baku ASCO Arena 3.000
Sumgayit Sumqayit Kapital Bank Arena 1.500
Zira Zirə, Baku Zira Olympic Sport Complex Stadium 1.500

Campeões[editar | editar código-fonte]

(‡) O Inter Baku foi renomeado em 28 de outubro de 2017 para Keşlə Futbol Klubu.

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Número de títulos Clubes
8 títulos: Neftçi Baku
7 títulos: FK Qarabağ
3 títulos: Shamkir, Kapaz PFK
2 títulos: Inter Baku PIK, FC Baku
1 títulos: Turan İK, Khazar Lankaran

Recordes[editar | editar código-fonte]

Maior vitória em casa
Kapaz 14–2 Shamkir (1997–1998)[7]

Maior série invicta
Kapaz, 30 jogos, 1997–98[8]

Jogador mais jovem a entrar em campo
Orkhan Aliyev, pelo Sumgayit contra o Qabala, aos 15 anos, 236 dias[9]

Jogador mais velho a entrar em campo
Nadir Shukurov, pelo Karvan contra o Mughan, aos 42 anos, em 19 de abril de 2009[10]

Maior artilheiro do campeonato
Nazim Aliyev (Khazar Sumgayit, Neftçi, Qarabag, Shafa Baku e Dinamo Baku), 183 gols

Maior número de aparições no campeonato
Azer Mammadov, 445 partidas

Mais gols em uma temporada
Nazim Aliyev (Khazar Sumgayit), 39 gols em 1992

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Goleiro brasileiro comemora título do Campeonato do Azerbaijão». Lance!. 7 de maio de 2019. Consultado em 5 de agosto de 2019 
  2. «Ölkə futbolu qara geyinməyə hazırlaşır (Yazı)» (em azeri). Penalti.az. Consultado em 3 de dezembro de 2011 [ligação inativa] 
  3. Walker, Paul. «Relief for Wales as Uefa lifts ban on Azerbaijan». Independent.co.uk (em inglês). The Independent. Consultado em 1 de setembro de 2011 
  4. «Grupo C: Roma, Atlético de Madrid, Chelsea, Qarabag». Trivela. 12 de setembro de 2017. Consultado em 5 de agosto de 2019 
  5. Equipes participantes na temporada 2019-2020
  6. Azərbaycan Peşəkar Liqası (azerbaijani)
  7. ПАС ИЗ-ЗА ГРАНИЦЫ. Sports Express Newspaper (em russo). Consultado em 11 de dezembro de 2011 
  8. «Годы независимости. Успехи Нефтчи, Кяпаза, Шамкира, и французский позор». Azerisport.com. Consultado em 5 de junho de 2011 
  9. «Europe's youngest top-flight goalscorers». www.uefa.com (em inglês). UEFA. Consultado em 23 de junho de 2014 
  10. «NBC is renamed». Association of Football Federations of Azerbaijan. 31 de outubro de 2008. Consultado em 10 de março de 2009. Cópia arquivada em 23 de abril de 2009