Cartel de Medellín

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Cartel de Medellín
Local de fundação Medellín, Colômbia
Anos ativo 1972 - 1993[1]
Território (s) Colômbia
Líder (es) Pablo Emilio Escobar Gaviria[2]
Atividades Narcotráfico
Lavagem de dinheiro
Atentados a bomba
Extorsão
Suborno
Sequestro
Assassinato
Corrupção política
Tráfico de armas
Aliados Cartel de Guadalajara
Rivais Cartel de Cáli, Los Pepes

O Cartel de Medellín foi uma rede de traficantes de drogas muito bem organizada, originária da cidade de Medellín, na Colômbia. O cartel de drogas operou na Colômbia, Bolívia, Peru, Honduras, Estados Unidos, bem como no Canadá e na Europa durante a década de 1970 e a década de 1980. Estima-se que o cartel chegou a faturar cerca de 60 milhões de dólares por mês e tinha cerca de 28 bilhões no total.

O Cartel de Medellín foi fundado e dirigido pelo irmãos Ochoa Vázquez, Jorge Luis, Juan David, e Fabio, juntamente com Pablo Escobar. Era responsável pela maior parte das exportações de drogas para o México, Porto Rico e Republica Dominicana. Outras figuras notáveis envolvidas ou conectadas ao cartel incluem a família Ochoa, Carlos Lehder e George Jung. Havia um conflito permanente com o Cartel de Cali e, a partir da década de 1980, com o governo colombiano.[3]

O cartel perdeu muito de sua força e influência após a captura e morte de muitos de seus líderes, o que o levou a desaparecer enquanto entidade unificada, mas muitos de seus associados sobreviventes e antigos membros ainda continuam ativos no mundo das drogas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Edificio que perteneció a Pablo Escobar se convertirá en la Secretaría de Seguridad de Medellín». La Tercera. 15 de abril de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  2. «El fin del narcoterrorismo». El Tiempo. 23 de junio de 1991. Consultado em 22 de agosto de 2015. 
  3. «Juan David Ochoa Vásquez, Co-Founder of Medellín Cartel, Dies at 65». The New York Times. 30 de julho de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cartel de Medellín
Ícone de esboço Este artigo sobre um crime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.