Challenger Cup de Voleibol Masculino de 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Challenger Cup de Voleibol Masculino de 2019
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações gerais
País-sede  Eslovênia
Organizador FIVB
Período 3–7 de julho
Participantes 6
Premiações
Campeão Bandeira da Eslovênia Eslovênia (1º título)
Vice-campeão Bandeira de Cuba Cuba
◄◄ Portugal Matosinhos 2018 Bola de volei de quadra.svg 2020 Flag of None.svg ►►
Página oficial da competição

A Challenger Cup de Voleibol Masculino de 2019 foi a segunda edição deste torneio com promoção da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Foi disputada na Eslovênia, com as partidas ocorrendo na Arena Stožice da capital Liubliana.[1]

Como na edição anterior, novamente a seleção da casa conquistou o título, ao derrotar Cuba na final por 3 sets a 0 e garantindo a promoção para a Liga das Nações de 2020 substituído justamente Portugal que fora promovido em 2018.[2]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Este torneio contou com seis equipes participantes, sendo elas:[3]

Classificação Classificados
País-sede Bandeira da Eslovênia Eslovênia
Qualificatória da NORCECA Bandeira de Cuba Cuba
Ranking Mundial pela CAVB Bandeira do Egito Egito
Playoff CSVAVC Bandeira do Chile Chile1
Liga Europeia de 2019 (CEV) Bandeira da Turquia Turquia
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia

1 Nenhum time da Ásia participou do processo de qualificação, com isso uma seleção da América do Sul se classificou automaticamente.

A FIVB outorgou, para cada confederação continental, livre arbítrio para o processo da escolha de seus representantes. Os mesmos poderiam vir de um torneio qualificatório a ser criado ou utilizando de um campeonato já existente, ofertando as vagas para a Challenger Cup. Caso nenhum torneio fosse realizado, a vaga deveria ser outorgada levando em consideração o ranking mundial.[3]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

As seis seleções participantes foram divididas em dois grupos de três integrantes em cada. As duas primeiras colocadas de cada grupo avançaram para as semifinais, na qual as perdedoras disputaram o terceiro lugar, enquanto que as vencedoras fizeram a decisão.[4]

A equipe campeã está qualificada automaticamente para a Liga das Nações de 2020, no lugar da última colocada entre as equipes "desafiantes" da edição de 2019 desta competição.[4]

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Com o uso do sistema serpentina, as seleções participantes foram distribuídas de acordo com o último ranking da FIVB antes do início da competição (indicados entre parêntesis).[4]

Grupo A Grupo B
Bandeira da Eslovênia Eslovênia (sede) Bandeira do Egito Egito (13)
Bandeira da Turquia Turquia (33) Bandeira de Cuba Cuba (18)
Bandeira do Chile Chile (37) Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia (48)
Classificadas para as semifinais

Todas as partidas seguem o horário local (UTC+2)

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Jogos Resultados Sets Pontos
Pos Equipe Pts T V D 3–0 3–1 3–2 2–3 1–3 0–3 V P R V P R
1 Bandeira da Eslovênia Eslovênia 6 2 2 0 1 1 0 0 0 0 6 1 6,000 173 122 1.418
2 Bandeira da Turquia Turquia 3 2 1 1 1 0 0 0 1 0 4 3 1.333 148 155 0.955
3 Bandeira do Chile Chile 0 2 0 2 0 0 0 0 0 2 0 6 0,000 106 150 0.707
Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
3 jul 20:40 Eslovênia Bandeira da Eslovênia 3–0 Bandeira do Chile Chile 25–15 25–15 25–19     75–49 Relatório
4 jul 20:30 Turquia Bandeira da Turquia 3–0 Bandeira do Chile Chile 25–13 25–22 25–22     75–57 Relatório
5 jul 20:30 Eslovênia Bandeira da Eslovênia 3–1 Bandeira da Turquia Turquia 23–25 25–16 25–15 25–17   98–73 Relatório

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Jogos Resultados Sets Pontos
Pos Equipe Pts T V D 3–0 3–1 3–2 2–3 1–3 0–3 V P R V P R
1 Bandeira de Cuba Cuba 5 2 2 0 0 1 1 0 0 0 6 3 2,000 206 184 1.120
2 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 2 2 1 1 0 0 1 0 1 0 4 5 0.800 193 195 0.990
3 Bandeira do Egito Egito 2 2 0 2 0 0 0 2 0 0 4 6 0.667 197 217 0.908
Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
3 jul 17:30 Egito Bandeira do Egito 2–3 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 25–21 16–25 25–20 24–26 9–15 99–107 Relatório
4 jul 17:30 Cuba Bandeira de Cuba 3–1 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 25–20 21–25 25–21 25–20   96–86 Relatório
5 jul 17:30 Egito Bandeira do Egito 2–3 Bandeira de Cuba Cuba 23–25 18–25 25–23 25–22 7–15 98–110 Relatório

Fase final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais Final
6 de julho
  Bandeira de Cuba Cuba  3  
  Bandeira da Turquia Turquia  2  
 
7 de julho
      Bandeira de Cuba Cuba  0
    Bandeira da Eslovênia Eslovênia  3
3º lugar
6 de julho 7 de julho
  Bandeira da Eslovênia Eslovênia  3   Bandeira da Turquia Turquia  1
  Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia  1     Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia  3

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
6 jul 17:30 Cuba Bandeira de Cuba 3–2 Bandeira da Turquia Turquia 22–25 25–23 25–22 20–25 15–12 107–107 Relatório
6 jul 20:30 Eslovênia Bandeira da Eslovênia 3–1 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 21–25 27–25 25–20 25–18   98–88 Relatório

Terceiro lugar[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
7 jul 17:30 Turquia Bandeira da Turquia 1–3 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 20–25 25–20 16–25 20–25   81–95 Relatório

Final[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
7 jul 20:30 Cuba Bandeira de Cuba 0–3 Bandeira da Eslovênia Eslovênia 24–26 21–25 21–25     66–76 Relatório

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «2019 VOLLEYBALL CHALLENGER CUP TO PAVE THE WAY FOR 2020 VNL» (em inglês). FIVB. 17 de junho de 2019. Consultado em 25 de junho de 2019 
  2. «Challenger Cup: Vince la Slovenia di Giuliani. 3-0 alla giovane Cuba» (em italiano). Volleyball.it. 7 de julho de 2019. Consultado em 7 de julho de 2019 
  3. a b «QUALIFICATION PROCESS» (em inglês). FIVB. Consultado em 25 de junho de 2019 
  4. a b c «FORMULA» (em inglês). FIVB. Consultado em 25 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]