Challenger Cup de Voleibol Masculino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir nem com a Taça Challenge de Voleibol Masculino, competição de clubes da CEV, nem com a Challenge Cup Asiática de Voleibol Masculino, competição de seleções da AVC.
Challenger Cup de Voleibol Masculino
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Sede Intercontinental
Organizador FIVB
Edições
Primeira edição Portugal Matosinhos 2018
Última edição Eslovénia Ljubljana 2019
Campeões
Primeiro campeão Bandeira de Portugal Portugal
Atual campeão Bandeira da Eslovênia Eslovênia (1º título)
Maior campeão Bandeira de Portugal Portugal (1 título)
Bandeira da Eslovênia Eslovênia (1 título)
Página oficial da competição

A Challenger Cup de Voleibol Masculino é uma competição internacional de voleibol disputada por seleções masculinas filiadas a Federação Internacional de Voleibol (FIVB), órgão governamental global do esporte. O primeiro torneio se iniciou em junho de 2018.

A Challenger Cup realiza-se sempre antes da fase final da Liga das Nações e o seu vencedor ganha o direito de participar da Liga das Nações do ano seguinte, substituindo a pior colocada do grupo de seleções "desafiantes".[1]

O torneio correspondente para as seleções femininas é a Challenger Cup de Voleibol Feminino.

Formato da competição[editar | editar código-fonte]

Seis equipes participam da Challenger Cup, sendo divididas em dois grupos de três equipes cada na primeira fase. As duas melhores equipes de cada grupo se classificam para as semifinais. Os vencedores das semifinais avançam para disputar o título. A seleção vencedora se classifica para a Liga das Nações do ano seguinte.[2]

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Disputam a competição na sua edição inaugural, em 2018, cinco equipes das cinco confederações continentais mais uma seleção do país sede.[3]

Cada confederação continental será responsável por determinar as equipes que se qualificarão para a Challenger Cup, podendo organizar um torneio de qualificação ou usar uma competição existente para definir o(s) seu(s) representante(s).[3]

Distribuição de vagas
Confederação Vagas
País-sede 1
AVC (Ásia) 0 ou 1 (playoff intercontinental contra o representante da CSV)
CAVB (África) 1
CSV (América do Sul) 0 ou 1 (playoff intercontinental contra o representante da AVC)
CEV (Europa) 2
NORCECA (America do Norte) 1
Total 6

História[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2017, a FIVB anunciou a criação de um novo torneio anual em parceria com a IMG e 21 federações nacionais, denominado de Liga das Nações, mais conhecida pelo seu acronônimo VNL, proveniente de sua nomenclatura em língua inglesa (Volleyball Nations League).[4] Com 16 seleções na disputa da competição principal, foi criada também a Challenger Cup, servindo como um torneio de qualificação para a VNL do ano posterior.[5]

Em sua edição inaugural, em 2018, classificaram-se pela Confederação Europeia de Voleibol a Estônia e a República Tcheca, campeã e vice-campeã, respectivamente, da Liga Europeia de 2018[6] (além de Portugal como anfitrião). A CEV foi a única a utilizar um torneio pré-existente para definir seus representantes. Pela Confederação Asiática de Voleibol classificou-se o Cazaquistão,[7] pela NORCECA definiu-se Cuba[8] e pela Confederação Sul-Americana de Voleibol, o Chile.[9] Para 2018, no entanto, a África não sediou nenhum tipo de evento classificatório, levando a qualificação automática dos representantes da América do Sul e Ásia.[10] Portugal consagrou-se como o primeiro campeão do torneio ao vencer a República Tcheca na decisão por 3 sets a 1.[11]

Mais uma vez disputada no continente europeu, a segunda edição da competição foi recebida pela cidade de Ljubliana, capital da Eslovênia.[12] Assim como os anfitriões, outras três seleções estrearam: Turquia, Bielorrússia e Egito; os demais participantes foram Cuba e Chile, que retornaram pelo segundo ano.[13] Os chilenos e os egípcios não venceram nenhuma partida, finalizando nas últimas posições. No duelo europeu pelo bronze, melhor para os bielorrussos sobre os turcos; na disputa pelo ouro, os eslovenos não deram chances aos cubanos, vencendo-os pelo placar mínimo. Com o título, a Eslovênia garantiu uma vaga como equipe desafiante na VNL de 2020.[14]

Resultados[editar | editar código-fonte]

CHALLENGER CUP DE VOLEIBOL MASCULINO
Ano Sede Final Decisão do 3º lugar Equipes
Ouro Placar Prata Bronze Placar 4º lugar
2018
Detalhes
Portugal
Matosinhos
Bandeira de Portugal
Portugal
3 – 1 Bandeira da República Checa
República Checa
Bandeira da Estônia
Estônia
3 – 0 Bandeira de Cuba
Cuba
6
2019
Detalhes
Eslovénia
Ljubljana
Bandeira da Eslovênia
Eslovênia
3 – 0 Bandeira de Cuba
Cuba
Bandeira da Bielorrússia
Bielorrússia
3 – 1 Bandeira da Turquia
Turquia
6

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Medals world.svg
1 Bandeira da Eslovênia Eslovênia 1 0 0 1
Bandeira de Portugal Portugal 1 0 0 1
3 Bandeira de Cuba Cuba 0 1 0 1
Bandeira da República Checa República Checa 0 1 0 1
5 Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 0 0 1 1
Bandeira da Estônia Estônia 0 0 1 1

Aparições[editar | editar código-fonte]

País Portugal
2018
(6)
Eslovénia
2019
(6)
Total
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia 1
Bandeira do Cazaquistão Cazaquistão 1
Bandeira do Chile Chile 2
Bandeira de Cuba Cuba 2
Bandeira do Egito Egito 1
Bandeira da Eslovênia Eslovênia 1
Bandeira da Estônia Estônia 1
Bandeira de Portugal Portugal 1
Bandeira da Turquia Turquia 1
Bandeira da República Checa República Checa 1

Referências

  1. «SIX TEAMS LINE UP FOR VOLLEYBALL CHALLENGER CUP AND ONE OPEN BERTH IN 2019 MEN'S VNL» (em inglês). FIVB. 19 de junho de 2018. Consultado em 21 de junho de 2018 
  2. «FORMULA – FIVB Volleyball Challenger Cup 2018». FIVB. Consultado em 20 de junho de 2018 
  3. a b «FIVB Executive Committee embraces digital transformation» (em inglês). FIVB. 7 de dezembro de 2017. Consultado em 20 de junho de 2018 
  4. «FIVB announces the Volleyball Nations League» (em inglês). FIVB. 12 de outubro de 2017. Consultado em 20 de junho de 2018 
  5. «SIX TEAMS LINE UP FOR VOLLEYBALL CHALLENGER CUP AND ONE OPEN BERTH IN 2019 MEN'S VNL» (em inglês). FIVB. 19 de junho de 2018. Consultado em 20 de junho de 2018 
  6. «Estonia and hosts Czech Republic to contest Golden EuroLeague final» (em inglês). CEV. 13 de junho de 2018. Consultado em 14 de junho de 2018 
  7. «KAZAKHSTAN, PAKISTAN, CHINESE TAIPEI BATTLE FOR RIGHT TO FIVB CHALLENGER CUP PLAYOFF» (em inglês). AVC. 18 de maio de 2018. Consultado em 8 de junho de 2018 
  8. «Cuba wins tournament and qualify to World Final» (em inglês). NORCECA. 10 de junho de 2018. Consultado em 10 de junho de 2018 
  9. «SE VIENE EL CLASIFICATORIO SUDAMERICANO MASCULINO AL CHALLENGER CUP EN CHILE» (em espanhol). CSV. 17 de maio de 2018. Consultado em 8 de junho de 2018 
  10. «CHILE CLASIFICA DIRECTO A LA CHALLENGER CUP» (em espanhol). Federação de Voleibol do Chile. Consultado em 20 de junho de 2018 
  11. «PORTUGAL JOIN WORLD'S ELITE FOR 2019 MEN'S VNL» (em inglês). FIVB. 24 de junho de 2018. Consultado em 25 de junho de 2018 
  12. «SIX TEAMS START THEIR BID TO QUALIFY FOR THE 2020 VNL IN LJUBLJANA!» (em inglês). FIVB. 2 de julho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  13. «QUALIFICATION PROCESS» (em inglês). FIVB. Consultado em 25 de junho de 2019 
  14. «SLOVENIA WIN THE 2019 VOLLEYBALL CHALLENGER CUP» (em inglês). FIVB. 7 de julho de 2019. Consultado em 8 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]