Cristian Brocchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cristian Brocchi
Cristian Brocchi
Informações pessoais
Data de nasc. 30 de janeiro de 1976 (40 anos)
Local de nasc. Milão,  Itália
Altura 1,71 m
Informações profissionais
Equipa atual Itália Milan]
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes de juventude
1994–1995 Itália Milan
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1995–1998
1995–1997
1997–1998
1998–2000
2000–2001
2001–2008
2005–2006
2008–2013
Itália Milan
Itália Pro Sesto
Itália Lumezzane
Itália Verona
Itália Internazionale
Itália Milan
Itália Fiorentina (emp.)
Itália Lazio
0 (0)
57 (3)
30 (4)
59 (8)
15 (1)
99 (4)
35 (3)
111 (2)
Seleção nacional
2006 Flag of Italy.svg Itália 1 (0)
Times/Equipas que treinou
2014–2016
2016–
Itália Milan (categorias de base)
Itália Milan

Cristian Brocchi (Milão, 30 de janeiro de 1976) é um ex-futebolista e técnico de futebol italiano, cujo último clube como jogador foi a Lazio. Atualmente, é treinador do Milan.

Tendo jogado nas categorias de base do Milan, no início da carreira, ele foi emprestado ao Pro Sesto e ao Lumezzane. Em 1998, Brocchi foi contratado pelo Verona da Série B do campeonato italiano, ajudou o time a ir para a Série A, e depois de um ano foi para a Internazionale, em 2000. No verão de 2001, o Milan re-assinou contrato, em troca de Andrés Guglielminpietro, que foi para a rival Internazionale. No inicio da temporada 2008-09 ele foi negociado com Lazio por 2 milhões.

Em 10 de maio de 2013, após uma série de consultas com especialistas e tentativas variadas de terapia para fraturas e luxações nos dedos do pé direito, Brocchi e o staff médico da Lazio decidiram por encerrar a carreira do jogador, que inicia a carreira de técnico em 2014, nas categorias de base dos Rossoneri.

Brocchi tinha outros interesses fora do futebol: ele abriu um café em Milão com o companheiro de time Christian Abbiati, e começou sua própria marca de roupas (Baci & Abbracci) com o amigo Christian Vieri e a modelo Alena Šeredová[1] [2] . A marca se tornou popular na Itália.

Estreou na seleção italiana em um amistoso contra a Turquia em 15 de novembro de 2006. Essa foi a única participação do volante na Squadra Azzurra.

No dia 12 de abril de 2016, Brocchi foi efetivado como técnico do Milan até o final da temporada(antes, estava treinando o Milan sub-20) após o clube demitir o sérvio Siniša Mihajlović, após a derrota para a Juventus.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Emilio Randacio (11 de janeiro de 2013). «Vieri e Brocchi, i gemelli del crac "Bancarotta da 14 milioni di euro"» (em italiano). La Repubblica. Consultado em 13 de abril de 2016. 
  2. Daniela Polizzi; Carlo Turchetti (12 de dezembro de 2008). «Né Baci né Abbracci, a Bobo servono altri soci» (em italiano). Il Corriere della Sera. Consultado em 7 de janeiro de 2016.