Cuiabá Paulista (Mirante do Paranapanema)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cuiabá Paulista
  Distrito do Brasil  
BRASÃO DE CUIABÁ PAULISTA BANDEIRA DE CUIABÁ PAULISTA SIMBOLO MASTRO HINO - MORADORES DE CUIABÁ PAULISTA.jpg
Estado  São Paulo
Município Mirante do Paranapanema
Criado em 1953
População (2010)
 - Total 3 325

Cuiabá Paulista é um distrito do município brasileiro de Mirante do Paranapanema, no interior do estado de São Paulo.[1] Foi criado pela lei 2456 de 30/12/1953[2].

O distrito se localizada aproximadamente a 23 quilômetros de Mirante do Paranapanema (sede do município) e 628 quilômetros de São Paulo, capital do estado.

A economia do povoado é baseada na agricultura e pecuária.

O transporte público disponível dispõe apenas de uma empresa de transporte rodoviário, a companhia Andorinha, que interliga o distrito a sua sede e demais cidades vizinhas.

História[editar | editar código-fonte]

A intenção inicial do Sr. Kosuke Endo, quando comprou a Fazenda Cuiabá e implementou a sua colonização era formar uma cidade com o nome Aracaúna, contudo após optou por conservar o nome Cuiabá para o povoado, acrescentado apenas o dizer "Paulista", segundo ele, para diferenciar a vila do município de Cuiabá, em Mato Grosso. O Distrito de Cuiabá Paulista, que tem como seu fundador o Sr. Kosuke Endo, foi criado pela Lei nº 2.456 de 30/12/1953 juntamente com o município de Mirante do Paranapanema, a qual pertence.

O distrito alcançou recentemente um importante instrumento de comunicação local, a permissão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para o funcionamento e transmissão de uma rádio local, trata-se da Rádio Inovação FM, um órgão comunitário de imprensa da Associação Comunitária de Comunicação Inovação FM criada em setembro do ano de 2010 pelo jornalista Elias Gonçalves da Rocha.

Pedido de emancipação[editar | editar código-fonte]

O distrito tentou emancipar-se e ser transformado em município no ano de 1958[3], mas não obteve exito.

Comunicações[editar | editar código-fonte]

O distrito era atendido pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[4], que construiu a central telefônica com sistema de ramais telefônicos. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[5], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[6] para suas operações de telefonia fixa.

Instituição de seus símbolos

Bandeira do distrito de Cuiabá Paulista

Foi instituído por intermédio da Lei nº 2.405, de 07 de novembro de 2017 os símbolos do distrito de Cuiabá Paulista, o projeto que proporcionou a identificação desta comunidade tramitou na Câmara Municipal de Mirante do Paranapanema como Projeto de Lei n° 65/2017 de autoria do vereador Aparecido de Souza Santana (PSD), posteriormente aprovado e promulgado pelo executivo mirantensse representado pelo prefeito Átila Dourado que acabou por instituir o brasão e a bandeira de Cuiabá Paulista, representações criadas e idealizadas pelo publicitário William Tadioto de Gouvêa de Presidente Prudente e o jornalista Elias Gonçalves da Rocha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal de São Paulo

Referências

  1. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  2. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  3. «Comissão de Divisão Administrativa e Judiciária - Relação Geral de Processos - 1958» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  4. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  5. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  6. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 
Ícone de esboço Este artigo sobre um distrito ou povoado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.