Currículo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em termos gerais, a palavra currículo diz respeito a um conjunto de informações organizadas categoricamente para um determinado fim, seja ele educacional ou profissional.

Contexto educacional

Na educação formal, o currículo é a interação planejada dos alunos com o conteúdo instrucional, materiais, recursos e processos para avaliar a consecução dos objetivos educacionais.[1]

Outras definições combinam vários elementos para descrever o que é currículo como se segue:

  • Todo o aprendizado que é planejado e orientado pela escola, se é feita em grupos ou individualmente, dentro ou fora da escola. (John Kerr)
  • As habilidades, desempenhos, atitudes e valores que os alunos deverão aprender com a escolaridade. Ele inclui demonstrações de resultados desejados, descrições de materiais, e a sequência prevista que vai ser usada para ajudar a alcançar os resultados.
  • A experiência de aprendizagem total oferecida por uma escola, instituição ou curso. Ela inclui o conteúdo dos cursos (o programa), os métodos utilizados (estratégias), e outros aspectos, como normas e valores, que se relacionam com a forma como a escola está organizada.
  • O agregado de cursos dados em um ambiente de aprendizagem. Os cursos são organizados em uma seqüência para tornar o aprendizado um assunto fácil. Nas escolas, o currículo abrange diversas classes.

Dentro deste contexto, existem três tipos de currículo:

  • Currículo formal: Refere-se ao conjunto de conhecimentos dentro de uma disciplina, fornecido pelos sistemas educacionais, no qual espera-se que o estudante atinja no fim de um ciclo;
  • Currículo real: São as informações e conhecimentos que o estudante, de fato, adquire dentro da instituição de ensino, considerando as adversidades sociais e pessoais, bem como as relações interpessoais, também considera-se o planejamento dos profissionais escolares, como professores e coordenadores pedagógicos;
  • Currículo oculto: Consiste nos saberes não planejados formalmente, que são adquiridos pelo(a) aluno(a) por força de hábitos e valores culturais, os quais são trazidos para dentro das aulas.[2]

Contexto profissional

Todas as empresas, quando a contratar um funcionário, solicitam o seu currículo para verificar as empresas pelas quais o empregado passou anteriormente, suas experiências, habilidades e histórico escolar.[3] Para muitos, surge a dúvida de, por exemplo: Eu nunca trabalhei, como posso ter um bom currículo?, e esta é uma dúvida muito comum entre os jovens. Informações como "dados pessoais", "objetivos como pessoa", "formação acadêmica" e demais, fazem muita importância na criação de um bom currículo.[4]

Existe ainda o currículo utilizado para divulgação de realizações profissionais e acadêmicas de estudantes e professores universitários, conhecido como Currículo Lattes, cujo preenchimento ocorre, exclusivamente, via Internet.[5]

Ligações externas

Currículo no contexto escolar

Referências

  1. Lopes, Gerson K. F. (2016). «Currículos e programas» (PDF). Sobral: Instituto Superior de Teologia Aplicada. 68 páginas 
  2. Andrade, Udegardes A.; Dalva, Gercina; Nascimento, Carla A.A.; Silva, Marília D. «Currículo Formal: uma abordagem nos anos iniciais do Ensino Fundamental» (PDF). Realize 
  3. «Modelo de Currículo para Download - Modelo Curriculum Vitae 2017». Modelo Curriculum Vitae 2017. 28 de junho de 2016 
  4. «Currículo para primeiro emprego: veja dicas e como montar». Concursos e Emprego. 10 de julho de 2013 
  5. «Afinal, o que é currículo Lattes?». Educa+ Brasil. 23 de julho de 2019 

Ver também