David Moyes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
David Moyes
David Moyes
Moyes pelo West Ham em 2021
Informações pessoais
Nome completo David William Moyes
Data de nasc. 25 de abril de 1963 (59 anos)
Local de nasc. Glasgow, Reino Unido
Nacionalidade britânico
Altura 1,86 m
destro
Informações profissionais
Clube atual West Ham
Posição ex-zagueiro
Função treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1980–1983
1983–1985
1985–1987
1987–1990
1990–1993
1993
1993–1998
Celtic
Cambridge United
Bristol City
Shrewsbury Town
Dunfermline Athletic
Hamilton Academical
Preston North End
00024 000(0)
00079 000(1)
00083 000(6)
00096 00(11)
00105 00(13)
00005 000(0)
00143 00(15)
Times/clubes que treinou
1998–2002
2002–2013
2013–2014
2014–2015
2016–2017
2017–2018
2019–
Preston North End
Everton
Manchester United
Real Sociedad
Sunderland
West Ham
West Ham
Última atualização: 29 de dezembro de 2019

David William Moyes (Glasgow, 25 de abril de 1963) é um treinador e ex-futebolista escocês que atuava como zagueiro. Atualmente comanda o West Ham.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Pelo Preston North End, onde chegou inicialmente como jogador, em 1993,[1] assumiu o comando do clube como treinador durante a temporada 1997–98,[1] permanecendo nas duas funções (jogador e treinador) durante o restante dela e a seguinte, quando se aposentou, após disputar 159 partidas e marcar dezoito gols pelo clube.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada após deixar a carreira de jogador, a 1999–00, Moyes conquistou seu primeiro título como treinador, a terceira divisão inglesa. Na seguinte, sua última no comando do tradicional clube, ficou próximo de conseguir mais um acesso, desta vez para a primeira divisão, após terminar na quarta posição, mas perdendo a chance após perder a final dos play-offs para o Bolton Wanderers por 3 a 0.[2]

Everton[editar | editar código-fonte]

Treinador do Everton desde 2002, quando chegou vindo do Preston North End, seu primeiro e até então único clube como treinador, teve seus melhores momentos no comando do Everton na temporada 2004–05, quando terminou na quarta posição do inglês,[3] classificando o clube para os play-offs da Liga dos Campeões da UEFA e, na temporada 2008–09, quando levou o mesmo à final da Copa da Inglaterra, a primeira final do clube em qualquer competição oficial em dezoito anos. Entretanto, nas duas acabou saindo derrotado. Na Liga dos Campeões foi eliminado para o Villarreal após derrota no Goodison Park por 2 a 1[4] e na casa do adversário pelo mesmo placar.[5] Já na Copa da Inglaterra, mesmo após Louis Saha, jogador do clube na época, ter aberto o placar com menos de um minuto de partida, saiu derrotado pelo Chelsea por 2 a 1.[6]

Manchester United[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado oficialmente pelo Manchester United no dia 9 de maio de 2013.[7] Moyes substituiu o lendário Sir Alex Ferguson, que havia anunciado a sua aposentadoria no final da temporada 2012–13, depois de 27 anos como técnico do clube.[8]

Em sua primeira temporada, 2013–14, a equipe não teve o desempenho esperado, que Moyes reconheceu ao escrever uma carta aberta através da revista do clube, distribuída aos detentores dos ingressos de temporada completa, pedindo o apoio da torcida.[9][10]

Em 20 de abril de 2014, a equipe foi derrotada por 2 a 0 pelo seu ex-clube, o Everton, no Goodison Park, pela Premier League, mantendo o Manchester em 7º lugar na classificação e sem chances de obter vaga na próxima Liga dos Campeões da UEFA.[11] Dois dias depois, Moyes foi demitido do cargo.[12][13]

Real Sociedad[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado como novo treinador da Real Sociedad no dia 11 de novembro de 2014,[14] substituindo Jagoba Arrasate e assinando vínculo até 30 de junho de 2016.[15]

O técnico foi demitido um ano depois, no dia 9 de novembro de 2015, após uma derrota por 2 a 0 para o Las Palmas.[16]

West Ham[editar | editar código-fonte]

Depois de comandar o West Ham durante uma temporada, a de 2017–18, Moyes teve o seu retorno confirmado aos Hammers no dia 29 de dezembro de 2019.[17]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Celtic
Bristol City
  • Football League Trophy: 1986
Preston North End

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Preston North End
Manchester United

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Treinador do Mês da Premier League: novembro de 2002, setembro de 2004, janeiro de 2006, fevereiro de 2008, fevereiro de 2009, janeiro de 2010, março de 2010, outubro de 2010, setembro de 2012 e março de 2013[18]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 6 de outubro de 2017

Ano Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
1998–2002 Preston North End 234 113 58 63
2002–2013 Everton 518 218 139 161
2013–2014 Manchester United 51 27 9 15
2014–2015 Real Sociedad 42 12 15 15
2016–2017 Sunderland 43 8 7 28
2017–2018 West Ham 31 9 10 12

Referências

  1. a b «David Moyes» (em inglês). worldfootball.net. Consultado em 21 de maio de 2022 
  2. «Brilliant Bolton seal Premiership return» (em inglês). BBC Sport. 28 de maio de 2001. Consultado em 21 de maio de 2022 
  3. «Premier League 2004/2005 > 38. Round». Consultado em 28 de outubro de 2012 
  4. «Match details / line-up: Everton FC - Villarreal CF (Champions League Qual. 2005/2006)». Consultado em 28 de outubro de 2012 
  5. «Match details / line-up: Villarreal CF - Everton FC (Champions League Qual. 2005/2006)». Consultado em 28 de outubro de 2012 
  6. «Chelsea bate Everton de virada e garante título da Copa na despedida de Hiddink». GloboEsporte.com. 30 de maio de 2009. Consultado em 21 de maio de 2022 
  7. «Manchester United anuncia David Moyes como substituto de Ferguson». GloboEsporte.com. 9 de maio de 2013. Consultado em 21 de maio de 2022 
  8. «Após 27 anos à frente do United, Alex Ferguson anuncia aposentadoria». GloboEsporte.com. 8 de maio de 2013. Consultado em 21 de maio de 2022 
  9. Pedro Guarda (7 de março de 2014). «Moyes admite má época em carta dirigida aos adeptos». Diário de Notícias. Consultado em 21 de maio de 2022 
  10. «David Moyes writes letter to Manchester United fans - in full» (em inglês). The Independent. 7 de março de 2014. Consultado em 21 de maio de 2022 
  11. Phil McNulty (20 de abril de 2014). «Everton 2-0 Manchester United» (em inglês). BBC Sport. Consultado em 21 de maio de 2022 
  12. «Moyes não resiste e é demitido do United antes do fim da temporada». GloboEsporte.com. 22 de abril de 2014. Consultado em 21 de maio de 2022 
  13. «Manchester United anuncia demissão de David Moyes». R7. 22 de abril de 2014. Consultado em 21 de maio de 2022 
  14. Felipe Schmidt (11 de novembro de 2014). «Moyes e Real Sociedad: ganham os dois». Blog Eurozona. Consultado em 21 de maio de 2022 
  15. «Moyes enaltece ambição da Real Sociedad durante apresentação». Jovem Pan. 13 de novembro de 2014. Consultado em 21 de maio de 2022 
  16. «David Moyes é demitido um ano depois de assumir a Real Sociedad». Yahoo. 9 de novembro de 2015. Consultado em 21 de maio de 2022 
  17. Leandro Stein (29 de dezembro de 2019). «Ao recontratar Moyes, West Ham admite a desilusão com um projeto que não saiu do papel». Trivela. Consultado em 21 de maio de 2022 
  18. «Manager profile: David Moyes» (em inglês). Site oficial da Premier League. Consultado em 21 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 21 de Julho de 2022.

Elenco atual do West Ham United Football Club[1]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G Polónia Łukasz Fabiański 13 G França Alphonse Aréola 32 V República da Irlanda Conor Coventry
2 LD Inglaterra Ben Johnson 14 A Costa do Marfim Maxwel Cornet 35 G República da Irlanda Darren Randolph
3 LE Inglaterra Aaron Cresswell 15 Z Inglaterra Craig Dawson 41 V Inglaterra Declan Rice Capitão
4 Z França Kurt Zouma 20 A Inglaterra Jarrod Bowen
5 Z/LD República Checa Vladimír Coufal 21 Z Itália Angelo Ogbonna
7 A Itália Gianluca Scamacca 22 A Argélia Saïd Benrahma
8 M Espanha Pablo Fornals 23 Z França Issa Diop
9 A Jamaica Michail Antonio 25 G Inglaterra Nathan Trott
10 M Argentina Manuel Lanzini 26 LE República Democrática do Congo Arthur Masuaku
11 M Croácia Nikola Vlašić 27 Z Marrocos Nayef Aguerd
12 M Inglaterra Flynn Downes 28 V República Checa Tomáš Souček

Técnico: Escócia David Moyes