Discussão:Monarquismo no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Tópico de discussão não intitulado[editar código-fonte]

Então... pretende trabalhar no artigo? Holy Goo (d . c) 13h34min de 24 de janeiro de 2018 (UTC)

Sim, ando pesquisando mais detalhadamente sobre as razões dos grupos monárquicos para que a edição tenha mais qualidade. MKBRA (discussão) 15h26min de 24 de janeiro de 2018 (UTC)

Quem seria o Rei?[editar código-fonte]

Será que se encaixa conteúdo sobre essa questão no artigo? MKBRA (discussão) 20h46min de 24 de janeiro de 2018 (UTC)

Artigo parcial[editar código-fonte]

O artigo está parcial. Seu tom é apologético. Somente traz o lado positivo, favorável, ao tema — iconizado na seção Argumentos para a restauração. O princípio da imparcialidade precisa ser respeitado. --Luan (discussão) 16h54min de 13 de março de 2018 (UTC)

@Luan: fora adicionado o subtema e seu conteúdo "Argumentos contra a restauração". Creio estar mais parcial. MKBRA (discussão) 01h47min de 15 de março de 2018 (UTC)
@MKBRA: de parcial, passou a ser jornalístico. Coleção de citações, quando sob licença livre, devem ser publicadas no Wikiquote (vide q:República e q:Monarquia). --Luan (discussão) 06h22min de 15 de março de 2018 (UTC)
Bom, o artigo é sobre um movimento de direita e suas razões estão expostas. Como ninguém leva muito a sério esse movimento, não creio que haja oposição significativa. No máximo são blogs mesmo. Holy Goo (d . c) 12h15min de 16 de março de 2018 (UTC)
O artigo não é apenas uma "coleção de citações". São argumentos plausíveis de ambos os lados. Não vejo problema algum do jeito como está. MKBRA (discussão) 18h44min de 16 de março de 2018 (UTC)
Não falei que era "apenas". Mas a seção Bases ideológicas (antiga Argumentos para a restauração) está estruturada em citações. Quem falou o quê. Mais precisamente em transcrições de citações. A linguagem não é enciclopédica. E foi transformada em lista de itens, sem qualquer sentido isso, nem introdução para essa listagem. --Luan (discussão) 15h09min de 18 de março de 2018 (UTC)
A mesma situação está na seção Críticas. E ainda percebi que a seção sobre Monarca e questão dinástica também está parcial, ao colocar Luiz Gastão de Orléans e Bragança como único pretendente a monarca, quando há ramos na linha de sucessão e a questão dinástica. --Luan (discussão) 15h19min de 18 de março de 2018 (UTC)
Na questão de se tornar item a seção confesso que me realmente precisa ser melhorado e sobre as tais citações talvez colocando uma predefinição tipo {{wikificação}} seria mais adequada. Quanto a linha de sucessão ele não é o "único" (essa palavra nem mesmo está la) pretendente ao trono. A linha de sucessão está lá pra mostrar o contrário, basta apenas acrescentar que ele é o primeiro então. MKBRA (discussão) 18h23min de 18 de março de 2018 (UTC)
Você não entendeu completamente. Prefira utilizar suas próprias palavras que ficar fazendo transcrições. Até porque o artigo não é sobre uma frase, discurso ou livro para a transcrição de uma citação ser tão importante assim para vir na íntegra. Luiz Gastão é o primeiro dentro do seu ramo, certo? E nos outros ramos, quem são os pretendentes a primeiro da linha de sucessão? Vale lembrar que embora conteúdos não devam ser repetidos, não se deve simplesmente apontar para um artigo para mais detalhes, quando não se há o básico no artigo. A relação entre os artigos funciona assim: aspectos gerais no artigo genérico e conteúdo detalhado no artigo específico. Aliás, isso vale não só aqui, né. --Luan (discussão) 16h09min de 19 de março de 2018 (UTC)
Certo vou trabalhar nas sugestões. Faltou o ramo de petrópolis, mas é um caso especial que precisa ser mais trabalhado (renúncia do fundador válida ou não). MKBRA (discussão) 22h31min de 19 de março de 2018 (UTC)

Alteração do título para Monarquismo no Brasil[editar código-fonte]

Olá. Ponderando um pouco julgo que o título não me parece mais adequado, dada a expansão que o artigo teve. Restauração da Monarquia nada mais é que uma ideia do movimento monárquico, cujo todo conteúdo sobre já está na introdução. Alterando para Monarquismo no Brasil faz mais sentido pra mim, pois dá margem para se explicar o que é, o histórico, movimentos atuais, etc. fazendo jus a como o artigo está agora. O seu homólogo na wiki-en tem esse título. Chamo alguns editores que já editaram aqui, caso tenham interesse, para opinarem: Luan, Holy Goo, Ederporto, Conde Edmond Dantès. MKBRA (discussão) 00h31min de 11 de agosto de 2018 (UTC)

Prefiro algo como "movimento monáriquico no Brasil". Holy Goo (d . c) 10h59min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
@Holy Goo: penso que o artigo trata mais de uma ideologia do que um movimento, tipo não há um Movimento Conservador no Brasil mas Conservadorismo no Brasil. Comprou a ideia? MKBRA (discussão) 12h24min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
Sei não. Só tome cuidado para não inventar um nome que não existe. Há fontes fiáveis que digam que tudo isso que tá no artigo é "monarquismo"? Holy Goo (d . c) 13h43min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
Entendo Holy Goo, mas Monarquismo não é uma palavra inventada. Tem a ver com a doutrina, sistema, corrente da monarquia. Um conjunto de idéias, movimentos, pessoas ligadas, etc faz parte do monarquismo. Faz mais sentido ter este nome do que ter uma das ideias do monarquismo como título. MKBRA (discussão) 16h11min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
A mídia realmente usa pouco o termo monarquismo, preferindo movimento monárquico, mas tem. MKBRA (discussão) 16h17min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com Monarquismo no Brasil Ederporto (discussão) 14h57min de 11 de agosto de 2018 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo também com a proposição inicial de renomeação (já feita, por sinal). Entretanto, o artigo continua como "restauração da monarquia". Afinal, existiu monarquismo desde a conquista portuguesa dessas terras e povos aqui. Assim, monarquismo inclui (deveria incluir) amplamente a defesa da monarquia: tanto a ideia da restauração, quanto da manutenção. Espero que eu tenha sido claro sobre essa questão da amplitude, pois na época do Império e da colonização, o republicanismo e o monarquismo se confrontaram, com vitórias do segundo até 1889. --Luan (discussão) 22h28min de 13 de agosto de 2018 (UTC)
Como sempre muito esclarecedor Luan. Realmente não tinha visto por esse lado, anterior a 1889. A ideia estava focada mais no pós-república. Como a intenção é expandir o artigo, não tendo apenas o lado restaurador, essas sugestões ajudarão a tornar o artigo mais completo. Obrigado. MKBRA (discussão) 03h08min de 14 de agosto de 2018 (UTC)

Melhorar a introdução[editar código-fonte]

Sugiro que ela seja melhorada. Primeiro porque está um tanto mal escrita. Segunda, porque movimentos recentes de Facebook não podem ocupar a maior parte dela. A introdução deve resumir todo o artigo, e não é isso que se vê no momento. Holy Goo (d . c) 11h00min de 12 de setembro de 2018 (UTC)

@Holy Goo: poderia ser mais específico sobre onde ou o que está mal escrito? E basta então tirar a parte do Facebook, ou colar no histórico nova república que já resolve. MKBRA (discussão) 14h34min de 12 de setembro de 2018 (UTC)
@MKBRA: Sobre o que está mal escrito, ignore. Deixa que eu conserto o que eu achar que poderia estar melhor. Mas o que é necessário é resumir toda a história do monarquismo no Brasil. Grupos no Facebook que surgiram ontem não são notórios o suficiente para merecer tanta atenção. Pode tirar a marcação se você quiser, mas que a introdução precisa ser melhorada, isso precisa. Não dá pra dar tanta ênfase a coisas tão recentes e de notoriedade duvidosa. Holy Goo (d . c) 15h54min de 12 de setembro de 2018 (UTC)
@Holy Goo: não é assim ignore. Não vou e não quero esperar sua boa vontade de corrigir algo que determina estar errado. Este é o artigo que mais me interessa na Wikipédia e se tiver algo que precisa ser melhorado aponte que já irei providenciar sua correção, assim como todos os outros que identificaram erros fizeram. MKBRA (discussão) 20h04min de 12 de setembro de 2018 (UTC)
@MKBRA: Minha intenção era fazer correções depois de você melhorar a introdução. Mas fique tranquilo. Irei remover a marcação. Deixo minha sugestão para que a introdução seja melhorada. Saudações! Holy Goo (d . c) 21h39min de 12 de setembro de 2018 (UTC)
@Holy Goo: então tá né. Vou ver o que se pode fazer com a parte do Facebook. Concordo que na introdução não fica muito bom mas o conteúdo é válido para se manter no artigo. MKBRA (discussão) 10h41min de 13 de setembro de 2018 (UTC)

───────────────────────── A parte do facebook até pode ficar, mas desde que não seja o foco principal da introdução. Se a introdução falar dos movimentos monarquistas anteriores, aí acho que fica ok. Holy Goo (d . c) 11h30min de 13 de setembro de 2018 (UTC)

@Holy Goo: tem razão a introdução não tá legal. Vou fazer umas modificações aí me fala se ficou mais adequada. MKBRA (discussão) 04h15min de 14 de setembro de 2018 (UTC)

Candidatar a artigo bom[editar código-fonte]

@Luan: chamo-o aqui novamente pois é um dos mais me ajudou neste artigo. Tenho a intenção de propô-lo a artigo bom. Sei que falta um parágrafo sobre críticas que foi apagado pois foi identificado mais como opinião do que uma escrita imparcial. Será que há algo mais a melhorar no artigo? MKBRA (discussão) 02h57min de 15 de novembro de 2018 (UTC)

@MKBRA: a artigo falta em algumas coisas:
  • A subseção "Brasil Colônia" está vazia. Talvez fosse melhor nem existir e usar o "ver artigo principal" na seção superior.
  • A subseção "Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve" parece confundir (ou não distinguir o suficiente) o Dia do Fico com o dia do Grito do Ipiranga.
  • Como foi a defesa do monarquismo frente às revoltas republicanas? onde está essa parte?
  • Não há nem houve discussão sobre caminhos do monarquismo? despotismo esclarecido? uma monarquia constitucional? o parlamentarismo regencial? o poder moderador? a monarquia sob o parlamentarismo "às avessas"?
    • Vale lembrar que Pedro I do Brasil teve comportamentos diferentes quando imperou no Brasil e em Portugal, isso já é uma evidência que não havia um modelo único em jogo já no comecinho do Brasil Independente.
    • O patrianovismo (ao que entendi, uma vertente do monarquismo no Brasil) propugnava uma monarquia tradicional, funcionando como alguma base ideológica para o movimento à época, não?
    • Em 2011, eram 4 organizações políticas com solicitação para registro como partido político, por que não eram uma só? Quais as diferenças entre elas?
  • Symbol question.svg Pergunta sem esse conteúdo acima, tratando mais do funcionamento político dessa monarquia no Brasil, em que a seção de história se diferencia de História do Império do Brasil e com esse artigo não deveria ser fundido?
  • en:Monarchism in Brazil traz revoltas monarquistas incluindo a Guerra de Canudos e Revolta de Ribeirãozinho à Revolta da Armada (a única citada em português).
  • A subseção "Corrupção na república" dá a impressão de que a corrupção foi inventada e descoberta com a Lava Jato.
  • A base ideológica se resume a questões de estabilidade e legitimidade, difíceis de se separar, sendo que excesso de seções pequenas entra em conflito com WP:SEÇÃO.
  • A subseção "Nova República" não parece seguir nem uma ordem cronológica, nem temática. Qual é o critério mesmo de apresentação das informações? Eu não identifiquei.
  • en:Monarchism in Brazil#Public opinion traz informações sobre os plebiscitos e sondagens eletrônicas (com todos os seus problemas).
  • Os monarquistas conseguiram pôr na constituição de 1989 a previsão de consulta à população sobre a restauração da monarquia (talvez o feito de maior peso na história recente, ao que me parece) e o artigo traz apenas uma frase sobre o Plebiscito no Brasil em 1993.
  • A república se mantém há mais de 100 anos e as críticas à monarquia se resumem àqueles dois parágrafos? E como as críticas rebatem as alegações presentes na seção "Base ideológica"?
Eu não sou, nem de longe, especialista no assunto, mas esses são pontos a se considerar para estruturar realmente um artigo sobre as ideias, ações e movimentos monarquistas no Brasil, com algum consistência e não uma colagem de saltos esparsamente relacionados. --Luan (discussão) 16h03min de 22 de novembro de 2018 (UTC)
Já vou avisando que vai ser muito difícil que esse artigo seja promovido. Primeiro, porque é um assunto complexo, que exige fontes fiáveis. Esse artigo foi escrito por um diletante. (Definição de diletante, para quem tiver preguiça de ir buscar no Google: "que ou quem mantém uma atitude imatura, de amador, em relação a normas de ordem intelectual ou espiritual".) A palavrqa diletante, usada nesse sentido, é usada pejorativamente, mas não é uma ofensa. Esse artigo é artigo de amador, e vai ser muito difícil que ele seja promovido (repito a mim mesmo). Holy Goo (d . c) 17h26min de 22 de novembro de 2018 (UTC)
@Luan: obrigado pelos apontamentos. Será uma tarefa difícil mas não impossível. MKBRA (discussão) 17h42min de 22 de novembro de 2018 (UTC)
@Holy Goo: que bom que sua opinião não é a regra. Francamente não sei o que tem de errado contigo pra dizer isso. Por acaso estava sendo realista? Ou só queria acabar com a minha vontade de trabalhar nele? Fala sério!! Vou ignorar esse seu comentário por dois motivos: 1) Você não prevê o futuro e 2) Luan apontou bons assuntos no que trabalhar. Isso significa que tem sim meios reais do artigo ser considerado bom. Se seus comentários posteriores se basearem na mesma linha deste último seu, por gentileza, vai caçar outra coisa pra fazer, como você já disse em certa discussão. MKBRA (discussão) 17h42min de 22 de novembro de 2018 (UTC)
@MKBRA: eu falei da seção do artigo em inglês, mas não é possível estabelecer o mesmo peso para o plebiscito, de um lado, e enquetes eletrônicas e pesquisas de opinião, de outro. São coisas distintas em si mesmas, uma processo eleitoral de consulta popular X respostas para entrevistas/questionários. Isso precisa ficar bem claro, e em inglês não está. --Luan (discussão) 02h47min de 27 de novembro de 2018 (UTC)
@Luan: vou estudar bem o artigo em inglês pra ver o que dá pra aproveitar. Observando o que disse o certo seria mencioná-los separadamente se for necessário. MKBRA (discussão) 23h56min de 27 de novembro de 2018 (UTC)

Parlamentarismo[editar código-fonte]

Inseri uma parte sobre o Parlamentarismo pois não foi o sistema vigente em todo período do Império do Brasil. Funcionando desde 1840, foi oficializado em 1847, conforme texto incluído. Creio que o Parlamentarismo é uma bandeira do movimento monarquista no Brasil. Bruno Campos (discussão) 15h02min de 8 de fevereiro de 2019 (UTC)