Dois Quartos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dois Quartos
Álbum de estúdio de Ana Carolina
Lançamento 2 de dezembro de 2006
4 de maio de 2007
(relançamento)
Gravação Blue Studios
Gênero(s)
Duração 92:71
Idioma(s) Português
Formato(s) CD
Gravadora(s) Sony
Produção
  • Ana Carolina
  • Marilene Gondim
  • Guto Graça Mello
  • Nilo Romero
  • Marcelo Sussekind
  • Afo Verde
Cronologia de Ana Carolina
Ana & Jorge
(2005)
Dois Quartos: Ao Vivo
(2008)
Singles de Quarto
  1. "Rosas"
    Lançamento: 1 de dezembro de 2006
  2. "Ruas de Outono"
    Lançamento: 3 de abril de 2007
  3. "Aqui"
    Lançamento: 11 de agosto de 2007
  4. "Carvão"
    Lançamento: 12 de dezembro de 2007

Dois Quartos , lançado em 2006 como um disco duplo, sendo relançado em 2007, sendo cada disco (Quarto - Vol. 1 e Quartinho - Vol. 2) vendido separadamente, é o 4º álbum de estúdio da carreira da cantora, compositora, arranjadora, produtora e multi-instrumentista brasileira Ana Carolina. Vendeu 200 mil cópias no Brasil, sendo certificado de platina.[1] Com este disco Ana recebeu uma indicação ao Grammy Latino, após sete anos sem ter indicações neste prêmio, para "Rosas" na categoria Melhor Canção Brasileira.

Este é o trabalho mais autoral da cantora, autora da letra de 23 das 24 músicas do álbum. Ao mesmo tempo, o disco também é o mais polêmico da sua carreira, trazendo a artista pela primeira vez citando expressões de cunho sexual obscenas em algumas canções, o que inclusive faz com que o disco tenha um aviso de que é desaconselhável para menores por conter temas adultos.

Em suas músicas, o álbum abrange temas como a bissexualidade ("Homens e Mulheres"), mulheres-objeto ("Eu Comi a Madona"), questões políticas ("Nada Te Faltará" e "Notícias Populares") e redenção ("O Cristo de Madeira"). A faixa "La critique", que fala sobre a questão da loucura, não é cantada por Ana Carolina - a cantora mesclou gravações de pacientes realizadas em visitas a hospitais psiquiátricos com sons gravados em estúdio. [2][3] Outra faixa, "Sen.ti.mentos", é totalmente instrumental e não contém letra.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Ana Carolina, durante um show pela turnê Dois Quartos, promovendo o álbum
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3.5 de 5 estrelas. [4]
Billboard (Positivo) [5]
Ziriguidum (Positivo) [6]
Canal Pop 3.5 de 5 estrelas. [7]

Jason Birchmeier, escreveu para a revista Billboard e o site allmusic, dizendo que o álbum traz, em suas 24 canções, um estilo forte e o sentimentalismo nos instrumentais das músicas. Ele ainda diz que "Dois Quartos", é um realce da expressão de Ana Carolina, e que esse álbum, a coloca como a maior estrela mundial da MPB. Ele ainda disse que "o assunto da bissexualidade, empresta um ar da curiosidade em alguns das canções... Ainda mais, por que vem com o rótulo proibido para menores"[8].

No Brasil, João Paulo de Oliveira Bueno, escreveu que há uma amadurecimento e mais confiança na produção musical do álbum: "Ana está mais madura. Não que antes ela não era. Agora a cantora consegue levar-se para a música, apresentando seu ponto de vista e até a sua bissexualidade nas músicas 'Homens e Mulher', 'Eu Comi a Madona', 'Rosas' e 'Eu não Paro'.". Este disco, recebeu críticas negativas e positivas.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Quarto
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Nada Te Faltará"  
  • Ana Carolina
  • Antônio Villeroy
  • Carolina
  • Dunga
4:37
2. "Tolerância"  
  • Carolina
  • Villeroy
  • Carolina
  • Guto Graça
3:47
3. "Ruas de Outono"  
  • Carolina
  • Villeroy
  • Carolina
  • Graça
3:58
4. "Aqui"  
  • Carolina
  • Villeroy
  • Carolina
  • Graça
4:18
5. "Rosas"  
  • Villeroy
  • Carolina
  • Marcelo Sussekind
3:35
6. "Um Edifício no Meio do Mundo"  
  • Carolina
  • Dunga
3:22
7. "Vai"  
  • Mona Saback
  • Carolina
  • Graça
4:36
8. "O Cristo de Madeira"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Nilo Romero
3:07
9. "Eu Comi a Madona"  
  • Carolina
  • Mano Mello
  • Villeroy
  • Alvin L.
  • Carolina
  • Dunga
2:17
10. "1.100,00 (Nega Marrenta)"  
  • Carolina
  • Aleh
  • Carolina
  • Romero
2:57
11. "Chevette"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Dunga
2:02
12. "Notícias Populares"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Romero
3:09
Duração total:
41:52


Quartinho
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "La Critique (Instrumental)"  
  • Carolina
  • Dunga
  • Romero
  • Villeroy
  • Carolina
  • Romero
5:21
2. "Então Vá Se Perder"  
  • Carolina
  • Graça
5:42
3. "Carvão"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Graça
3:26
4. "Manhã"  
  • Carolina
  • Villeroy
  • Bebeto Alves
  • Aleh
  • Carolina
  • Afo Verde
5:14
5. "Homens e Mulheres"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Graça
4:45
6. "Corredores"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Graça
4:59
7. "Sen.ti.mentos (Instrumental)"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Dunga
4:46
8. "Cantinho"  
  • Carolina
  • Gastão Villeroy
  • Carolina
  • Dunga
2:16
9. "Eu Não Paro"  
  • Carolina
  • Dudu Falcão
  • Lula Queiroga
  • Carolina
  • Graça
4:29
10. "Claridade"  
  • Carolina
  • Aleh
  • Carolina
  • Dunga
4:44
11. "Milhares de Sambas"  
  • Carolina
  • Carolina
  • Romero
1:59
12. "Eu Comi a Madona" (Remix)
  • Carolina
  • Mello
  • Villeroy
  • Alvin L.
  • Carolina
  • DJ Zé Pedro
3:36
Duração total:
51:19

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Rosas
  • Carvão
  • Ruas de outono
  • Aqui
  • Vai

Créditos[editar | editar código-fonte]

Músicos
  • Ana Carolina: violão (disco 1, todas as faixas menos 4, 11 e 12; disco 2, faixas 3, 8, 10 e 11) e guitarra (
  • Dunga: baixo, violão em "La Critique" e "Claridade", guitarra em "Notícias Populares", "Homens e Mulheres" e "Claridade", programação
  • Vinícius Rosa: violão em "Aqui", "Um Edifício no Meio do Mundo", "Vai" e "Homens e Mulheres"
  • Jurema e Jussara Lourenço: vocal de apoio em "Rosas"
  • Arthur Maia: baixo em "1.100,00"
  • Nilo Romero: baixo em "O Cristo de Madeira", Notícias Populares" e "La Critique", violão em "Notícias Populares"
  • Tuco Marcondes: violão em "Um Edifício no Meio do Mundo", "Vai" e "La Critique"
  • Antônio Villeroy: violão em "La Critique"
  • Guto Graça Mello: baixo em "Então Vão se Perder"
  • Guillermo Vadalá: baixo em "Manhã"
  • Marcelo Câmer: violão em "Milhares de Sambas"
Produção
  • Ana Carolina: produção
  • Marcelo Sabóia: mixagem
  • Carlos Freitas: masterização

Participações em Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

Promoção e turnê[editar | editar código-fonte]

Para promover o álbum, Ana esteve empenhada, entre 2007 e 2008, na turnê "Dois Quartos". Essa turnê acabou originando o CD/DVD ao vivo Multishow ao Vivo - Ana Carolina: Dois Quartos.

Referências

  1. «A durona Ana Carolina». Isto É. Consultado em 11 de maio de 2018 
  2. Saito, Bruno Yutaka (22 de dezembro de 2006). «Tensa, Ana Carolina busca dar vazão a hits de fim de ano em disco duplo». Folha Ilustrada. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  3. Feitosa, Beto (21 de dezembro de 2006). «Nos quartos de Ana Carolina - Cantora lança CD duplo recheado de hits prontos e letras polêmicas». Ziriguidum. Consultado em 17 de fevereiro de 2018 
  4. Avaliação no allmusic
  5. Avaliação na Billboard
  6. Avaliação no Ziriguidum
  7. Avaliação no Canal Pop
  8. «allmusic ((( Dois Quartos, Vol. 1 > Overview )))». Jason Birchmeier para a allmusic. Consultado em 23 de Julho de 2009