Dracula AD 1972

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dracula AD 1972
Dracula AD 1972 (PT)
Drácula no Mundo da Minissaia (BR)
 Inglaterra
1972 • cor • 92 min 
Direção Alan Gibson
Produção Josephine Douglas
Roteiro Don Houghton
Elenco Christopher Lee
Peter Cushing
Stephanie Beacham
Género Terror
Idioma inglês
Música Mike Vickers
Distribuição Warner Bros
Cronologia
Último
Último
Scars of Dracula
The Satanic Rites of Dracula
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Dracula AD 1972 (no Brasil: Drácula no Mundo da Minissaia) é um filme Inglês de terror produzido em 1972 pela Hammer Films.[1]

Este filme coloca Dracula no coração da Londres dos anos 1970, com todas as suas nuances e grupos diferenciados. Marca também a volta de Peter Cushing como Van Helsing, personagem que não participava das tramas desde "The Brides of Dracula" (1960). Vários títulos foram trabalhados para este filme: "Dracula '72" e "Dracula Chelsea '72" (Inglaterra), "Dracula jagt Mini-Mädchen" (Dracula Chases the Mini-girls ou Dracula Persegue as Garotas de Minissaia) (Alemanha) e "Dracula '73" (título com o qual foi lançado na França em 1973).

A idéia de trazer Dracula para o mundo moderno foi da Warner Bros logo após ver o tremendo sucesso de"Conde Yorga, Vampiro", um filme de vampirismo contemporâneo. Com isso, a WB encomendou dois filmes com a Hammer em que Dracula viveria no mundo atual. O pedido também veio após alguns estranhos acontecimentos envolvendo vampirismo no fim de 1969.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Hyde Park, Londres, 1872. Uma luta sem tréguas acontece entre Lawrence Van Helsing e seu arquiinimigo, o Conde Drácula (Christopher Lee). Van Helsing consegue destruir seu inimigo, que vira pó, mas em razão dos ferimentos sofridos acaba morrendo. Alguém pega o anel de Drácula e recolhe um pouco de suas cinzas em uma ampola. Exatamente 100 anos depois alguns jovens, comandados por Johnny Alucard (Christopher Neame), fazem uma missa negra, sendo que uma das participantes era Jessica Van Helsing (Stephanie Beacham), descendente do caçador de vampiros. Como ela, quase todos estavam ali de brincadeira, mas quando a cerimônia toma um rumo inesperado a maioria foge e não vê que Johnny ressuscitou Drácula, que imediatamente suga todo o sangue de Laura Bellows (Caroline Munro), a única do grupo além de Johnny que não partira. Johnny, com prazer, vê o mestre se saciar com sangue de Laura. Drácula agora quer se vingar dos descendentes de Van Helsing, sendo que o único que pode enfrentá-lo é o professor Van Helsing (Peter Cushing), o avô de Laura, que é um estudioso do assunto. Quem vai acreditar que o Rei dos Vampiros existe e está vivo em pleno século 20 em Londres?

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dracula A.D. 1972 allmovie.com

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Filmes de Drácula da Hammer
Dracula (1958) | The Brides of Dracula (1960) | Dracula: Prince of Darkness (1966) | Dracula Has Risen from the Grave (1968) | Taste the Blood of Dracula (1970) | Scars of Dracula (1970) | Dracula AD 1972 (1972) | The Satanic Rites of Dracula (1973) | The Legend of the Seven Golden Vampires (1974)