Eddie Money

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 19 de setembro de 2019) Twemoji 1f464.svg
Eddie Money
Eddie-money-post-concert.jpg
Eddie Money após show no Texas, em dezembro de 2008
Informação geral
Nome completo Edward Joseph Mahoney
Nascimento 21 de março de 1949
Local de nascimento Nova Iorque, NY
Estados Unidos
Morte 13 de setembro de 2019 (70 anos)
Gênero(s) Rock, pop, hard rock
Instrumento(s) Vocal, saxofone, gaita, teclado
Período em atividade 1976 - 2019
Outras ocupações Cantor, compositor, músico
Gravadora(s) Columbia
Página oficial eddiemoney.com

Eddie Money (nascido Edward Joseph Mahoney; 21 de março de 1949 - 13 de setembro de 2019) foi um cantor e compositor de rock americano que fez sucesso nas décadas de 1970 e 1980 com uma série de hits que chegaram às paradas de sucesso, além de álbuns que conseguiram discos de platina.

Money morreu em 13 de setembro de 2019, aos 70 anos de idade, devido a um câncer no esôfago.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após seguir os passos do seu pai e treinar para se tornar um policial, no fim da década de 1960,[2] Money se interessou pela música, e eventualmente abandonou sua carreira para se tornar um músico profissional. Mudou-se para Berkeley, na Califórnia, onde se tornou uma figura constante na cena musical local, e conseguiu atenção suficiente para assinar um contrato com a gravadora Columbia Records. Ao longo da década de 1970 conseguiu entrar nas paradas de sucesso com singles como "Baby Hold On" e "Two Tickets to Paradise". Money se aproveitou da cena musical surgida com a MTV e a popularização dos videoclipes, no início dos anos 80 e produziu diversos vídeos com narrativas humorísticas, em especial para "Shakin'" (que esteve presente no jogo Guitar Hero Encore: Rocks the 80s) e "Think I'm in Love". Sua carreira, no entanto, começou a entrar em declínio depois de diversos lançamentos no meio da década, aliados à sua luta contra as drogas.

Eddie Money no centro, em 1990

Money retornou dois anos mais tarde, em 1986, com o álbum Can't Hold Back; nele, fez um dueto com Ronnie Spector, na canção "Take Me Home Tonight", que chegou ao Top 10 americano, juntamente com o sucesso "I Wanna Go Back". O próximo álbum, "Walk on Water", também se destacou nas paradas, porém este período de grandes vendagens chegou ao fim no início da década de 1990, com "I'll Get By". Durante as próximas décadas Eddie Money lançou apenas álbuns de compilações, com pouco material novo. Hoje em dia ainda se apresenta em circuitos alternativos, freqüentemente acompanhado de outros artistas de sua época. Também fez algumas aparições em sitcoms americanas.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Year Album Billboard 200 RIAA
1977 Eddie Money 37 2× Multi-Platina
1978 Life for the Taking 17 Platina
1980 Playing for Keeps 35
1982 No Control 20 Platina
1983 Where's the Party? 67
1986 Can't Hold Back 20 Platina
1988 Nothing to Lose 49 Gold
1991 Right Here 160
1992 Unplug It In
1995 Love and Money
1996 Good as Gold
1997 Shakin' with the Money Man
1999 Ready Eddie
2003 Then and Now
2007 Wanna Go Back

Compilações e edições especiais[editar | editar código-fonte]

Year Album Billboard 200 RIAA
1989 Greatest Hits: The Sound of Money 53 Gold
1997 Super Hits
1998 Greatest Hits Live: The Encore Collection
2000 Complete Eddie Money Live
2001 The Best of Eddie Money
2003 The Essential Eddie Money
Let's Rock and Roll the Place

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Posições nas paradas Álbum
US Hot 100 US Main Rock US AC
1978 "Baby Hold On" 11 Eddie Money
"Two Tickets to Paradise" 22
1979 "You've Really Got a Hold on Me" 72
"Maybe I'm a Fool" 22 Life for the Taking
"Can't Keep a Good Man Down" 63
"Get a Move On" 46 Playing for Keeps
1980 "Let's Be Lovers Again" 65
"Running Back" 78
1982 "Think I'm in Love" 16 1 No Control
"Shakin'" 63 9
1983 "The Big Crash" 54 17 Where's the Party?
1984 "Club Michelle" 66
1986 "Take Me Home Tonight" 4 1 Can't Hold Back
"I Wanna Go Back" 14 3 33
1987 "Endless Nights (Eddie Money)" 21 10
"We Should Be Sleeping" 90 18
1988 "Walk on Water" 9 2 Nothin' to Lose
1989 "The Love in Your Eyes" 24 1
"Let Me In" 60 30
1990 "Peace in Our Time" 11 2 34 Greatest Hits: The Sound of Money
1991 "I'll Get By" 21 7 Right Here
"Heaven in the Back Seat" 58 6
1992 "Fall in Love Again" 54 16
2008 "Gimme Some Water" (com Vince Gill) single apenas

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 24 de agosto de 2019, Money, um fumante de longa data, revelou que havia sido diagnosticado com câncer de esôfago no estágio 4. Ele morreu da doença em 13 de setembro de 2019, aos 70 anos de idade. A declaração da família dizia em parte: “É com o coração pesado que dizemos adeus ao nosso querido marido e pai. Não podemos imaginar nosso mundo sem ele. Somos gratos por ele viver para sempre através de sua música.”[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eddie Money