Energia A 1.000 Cilindradas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Energia A 1.000 Cilindradas
Álbum de estúdio de A Patotinha
Lançamento 1982
Gênero(s)
Formato(s) LP, K7
Gravadora(s) RCA Pure Gold
Cronologia de A Patotinha
Brincando de Roda Vol. 2
(1981)
A Gente Tem Que se Ligar
(1983)

Energia a 1.000 Cilindradas é o nome de um álbum do grupo A Patotinha, lançado em 1982. Trata-se do sexto álbum de estúdio do grupo e traz canções com viés mais adolescente comparado com os lançamentos anteriores do grupo. O álbum traz regravações de canções de sucesso da música brasileira e versões de canções estrangeiras.

Produção[editar | editar código-fonte]

O sexto álbum do grupo mostra o amadurecimento das quatro integrantes como artistas, na época elas tinham em torno de 14 anos de idade e isso refletiu na escolha do repertório, na arte gráfica do disco e dos figurinos utilizados para a promoção do álbum na TV.[1] Dino Almeida, do Diário da Tarde, afirmou que o álbum é divisor de águas na carreira do A Patotinha pois rompe com a fase infantil do grupo e demontra que "elas cresceram e começaram a alimentar novas ideias com aquela inquietação própria da adolescência".[2] O álbum também foi gravado em espanhol para o público latino.[3] Um compacto duplo com quatro canções do disco foi lançado pela RCA.[4]

Repertório[editar | editar código-fonte]

Entre as versões de canções estrangeiras destacam-se a versão de Let's Groove do grupo de Disco music Earth, Wind & Fire[5] que foi Top 10 em charts de vários países europeus[6] e #3 na Billboard Hot 100[7] bem como a versão em português de Two for the Price of One do grupo sueco ABBA, lançada em 1981, no álbum The Visitors.[8] Segundo Daniel Couri, autor do livro Mamma Mia!, a regravação é inusitada já que a música original tem os vocais masculinos dos compositores da música e não os de Agnetha Fältskog e Frida.[9]

Além das regravações de artistas brasileiros e internacionais, o lançamento trazia duas canções inéditas uma delas é "1.000 Cilindradas", que foi composta por Robertinho de Recife exclusivamente para o álbum e é faixa que inspirou o nome do título do álbum.[10]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  • Créditos adaptados das notas de linha de Energia A 1.000 Cilindradas.[11]
Lado A
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "1.000 Cilindradas"  
2:58
2. "Sonho Azul" (Twilight)
  • Jeff Lynne
  • Plinta
3:25
3. "Vamos Namorar/País Tropical/Até Setembro/Ritmo da Chuva/Festa de Arromba/Perfídia/Vesti Azul/La Bamba"  
  • Harry Warren Mack Gordon e Mary Andrés
  • Jorge Ben
  • Sid Wayne, Sheuman, Eduardo e Romeu Nunes
  • John Gimmoe e Demétrius
  • Erasmo Carlos e Roberto Carlos
  • Alberto Dominguez e Lamartine Babo
  • Nonato Buzar/Adapt.: Danny
4:35
4. "Ônibus Mágico" (Double Dutch Bus)
  • Frankie Smith
  • Joebob
4:37
5. "Lobo Bobo"   3:17
6. "Rock Mary"  
  • Lula Martins
3:50
7. "Rua Augusta"   2:49
Lado B
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Vamos Nessa" (Let's Groove)
  • M. White
  • W. Vaughn
  • Pisca
3:18
2. "Ligue Pra Mim" (Two for the Price of One) 3:37
3. "O Escândalo" (Shame and Scandal in the Fame)
3:15
4. "Olhando Para O Céu" (Sukiyaki)
  • Hachidai Nakamuro
  • Romeu Nunes
3:47
5. "Decolores, Decolores" (Difontana)
  • Ed Jaguaré
 
6. "Caminhando Contra O Vento" (She's a Mad Mama Jama (She's Built, She's Stacked))
  • L. Haywood
  • Plinta
  • Jean Pierre
3:34
7. "Baile dos Passarinhos" (Tchip tchip-el baile de los pajaritos)
  • W. Thomas
  • T. Randalt
  • Cuevas
  • Isabel Maletta
3:20

Referências

  1. «Juventude: a 1000 cilindradas». Diário da Tarde. Paraná. 31 de março de 1982. Consultado em 12 de abril de 2020 
  2. Almeida, Dino (1 de setembro de 1982). «Discotecando: A música dos anos sessenta voltou a fazer sucesso». Diário da Tarde. Paraná. Consultado em 7 de maio de 2020 
  3. «Cilindradas da Patotinha». Diário de Pernambuco. Pernambuco. 28 de fevereiro de 1982. Consultado em 12 de abril de 2020 
  4. (1982) Créditos do álbum Decolores, Decolores por A Patotinha [LP]. Brasil: RCA Vik (102.0369).
  5. «Inside Out : Pierre Moritz, du picon bière et des grands disques». Dure Vie (em francês). França. 4 de fevereiro de 2018. Consultado em 7 de maio de 2020. Cópia arquivada em 7 de maio de 2020 
  6. «Earth, Wind & Fire - Let's Groove». Hung Medien (em inglês). Austrália. Consultado em 7 de maio de 2020. Cópia arquivada em 7 de maio de 2020 
  7. «Raise! – Awards». AllMusic. All Media Network. Consultado em 31 de maio de 2013. Arquivado do original em 12 de maio de 2016 
  8. Cole, Ian (23 de fevereiro de 2020). ABBA: Song by Song. [S.l.]: Fonthill Media. pp. 135–. GGKEY:UUB3KX87Y3H 
  9. Couri, Daniel (3 de novembro de 2012). Mamma mia!. [S.l.]: Panda Books. pp. 153–. ISBN 978-85-7888-185-6 
  10. Nona, Sériod (25 de março de 1982). «A Patotinha». Diário de Pernambuco. Pernambuco. Consultado em 7 de maio de 2020 
  11. (1982) Créditos do álbum Energia A 1.000 Cilindradas por A Patotinha [LP]. Brasil: RCA Vik (109.0097).