Ernesto Korrodi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ernesto Korrodi (nascido Ernst Korrodi) (Zurique, 30 de janeiro de 1870 - Leiria, 3 de fevereiro de 1944)[1] foi um arquiteto de origem suíça que se naturalizou português. É um dos pioneiros e dos mais bem sucedidos arquitetos da Arte Nova em Portugal, tendo recebido o Prémio Valmor por duas vezes. É autor de cerca de 400 projetos em Portugal.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Korrodi veio para Portugal através de um concurso nacional para professor de desenho. Em 1921, foi nomeado diretor de obras da comissão de Direção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais. Em 1889 começou a trabalhar na Escola Industrial de Braga,[1] onde ficaria até 1894. Neste ano, foi transferido para a Escola Domingos Sequeira, em Leiria, lecionando Desenho Ornamental e Modelagem.[3]

Em 1897, Korrodi publica um pequeno estudo sobre São Fructuoso de Montélius, intitulado “Um monumento Bizantino-Latino em Portugal”, no Boletim de Arquitectura da Associação dos Arquitectos Civis e Arqueólogos Portugueses. Dois anos depois, em 29 de Abril de 1901, casa-se com Quitéria da Conceição Maia, professora do Ensino Primário,[4] na freguesia dos Marrazes, desde 1892 a 1901. O casal teve dois filhos e uma filha, sendo que o primeiro morreu logo após o nascimento em 1902. Os outros são Maria Teresa (1903-2002) e Camilo Korrodi (1905-1985). Em 1919 projetou o Santuário de Nossa Senhora da Assunção, em Monte de Córdova, Santo Tirso.[5]

Obras[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ernesto Korrodi

Entre os seus projetos arquitetónicos, destacam-se:

Após a derrocada parcial de um dos muros no Castelo de Leiria, Korrodi foi nomeado diretor das obras, em 1921, à frente de uma comissão sujeita à Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), em caráter de urgência. O seu trabalho desenvolveu-se até 1934, quando se desligou. As obras, porém, prosseguiram na década de 1930, com base nos seus desenhos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b de Jesus, Davide. O Edifício da Companhia Leiriense de Moagem, antigo Convento de S. Francisco de Leiria. Coimbra: [s.n.], 2012. Página visitada em 4 de janeiro de 2016.
  2. «Roteiro Korrodi apresentado em Leiria». 2004. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  3. Romãozinho, Mónica (Maio de 2015). «Modernidade e tradição no design de interiores: A casa de Ernesto Korrodi (1870-1944)». www.vitruvius.com.br. Vitruvius. Consultado em 2017-01-04 
  4. «Ernesto Korrodi» (PDF). Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  5. "Santuário de Nossa Senhora da Assunção – Monte Córdova".
  6. A república das artes : centenário da república 1910-2010. [S.l.]: Tugaland, 2010. ISBN 978-989-8179-85-2
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.