Escola Picolino de Artes do Circo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Escola Picolino de Artes do Circo
Pelourinho20.JPG (3138988237).jpg

Decoração com referência ao Circo Picolino no Circuito Batatinha do Carnaval de Salvador de 2005

Quadro profissional
Tipo
País
Coordenadas
Organização
Website

A Escola Picolino de Artes do Circo é uma escola brasileira de circo que funciona em Salvador, Bahia. A organização não governamental (ONG) sem fins lucrativos foi fundada em 1985 pelos artistas Anselmo Serrat e Verônica Tamaoki e recebeu o nome em homenagem ao palhaço Picolino, fundador da primeira escola de circo do Brasil.[1] A escola foi a primeira no Brasil e ser fundada por artistas que não pertenciam a nenhuma família tradicional circense. A escola possui atividades voltadas para alunos pagantes, mas também para a população pobre.[2]

Em 2008, a escola recebeu apoio do projeto Criança Esperança.[3]

No período de seis meses iniciado em outubro de 2016, a escola integra o colegiado responsável pela gestão compartilhada do Circo Picolino, em Pituaçu, ao lado de outras dez instituições: Grupo Arte Consciente, de Saramandaia; Bagunçaço; Centro de Formação em Artes, da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB); CIPÓ - Comunicação Interativa; Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA); Escola Olodum; Ilê Aiyê; Pé de Moleque; Projeto Axé e Programa Conexão Vida.[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Bahia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.