Diferenças entre edições de "Repórteres sem Fronteiras"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
364 bytes removidos ,  14h36min de 27 de junho de 2016
Alegação veiculada pelo site Carta Capital carece de fontes. Carta Capital figura em lista de sites sustentados pelo PT, que apoia/financia ditaduras latinas.http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-dilma-repassou-r-11-milhoes-a-blogueiros-em-2016
(Alegação veiculada pelo site Carta Capital carece de fontes. Carta Capital figura em lista de sites sustentados pelo PT, que apoia/financia ditaduras latinas.http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-dilma-repassou-r-11-milhoes-a-blogueiros-em-2016)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
 
Há questionamentos quanto às fontes de financiamento da organização e críticas às posições assumidas por seu secretário geral, [[Robert Menard]], sobre a prática de [[tortura]] <ref> Jean-Noël Darde (2007) [http://www.rue89.com/2007/08/26/quand-robert-menard-de-rsf-legitime-la-torture Quand Robert Ménard, de RSF, légitime la torture]</ref>. A análise das contas da '''RSF''', feita por repórteres independentes, e a alegada vinculação de Robert Ménard, à [[CIA]]<ref>Jean Guy Allard (2005), [http://www.voltairenet.org/article124343.html Robert Ménard agente de la CIA según un periodista canadiense]</ref>, bem como suas declarações de que o uso de tortura seria justificável, em alguns casos,<ref>Gennaro Carotenuto (2007) [http://www.rebelion.org/noticia.php?id=55497 Reporteros sin Fronteras: "Sí a la tortura"]</ref> parecem contradizer os valores defendidos pela organização, suscitando reservas quanto à sua imparcialidade e seus reais propósitos .
 
Na matéria "O Caixa 2 das ONGs", a revista Carta Capital reporta o financiamento de Organizações Não-Governamentais como a RSF por poderosos "lobbies" norte-americanos. Elas estariam sendo financiadas para colaborar com campanhas dos EUA contra governos que lhe são contrários, como o de [[Hugo Chávez]] ([[Venezuela]]) e o de [[Fidel Castro]] ([[Cuba]]).
 
'''RSF''' tem sido acusada também de manter ligações com a oposição ao governo cubano baseada em [[Miami]], e de mover campanha sistemática contra [[Cuba]] e contra a [[Venezuela]], com objetivos mais político-ideológicos do que de defesa dos [[direitos humanos]] e da [[liberdade de imprensa]].
Utilizador anónimo

Menu de navegação