Saltar para o conteúdo

Instituição: diferenças entre revisões

112 bytes adicionados ,  14h49min de 28 de maio de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 201.79.86.42, com Reversão e avisos
(estava errado)
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 201.79.86.42, com Reversão e avisos)
As pessoas podem criar deliberadamente organizações formais comumente identificadas como "instituições", mas o desenvolvimento e a função das instituições na sociedade, em geral, pode ser considerado como uma instância de [[surgimento]]. Ou seja, as instituições surgem, se desenvolvem e funcionam em um padrão de auto-organização social para além intenções conscientes dos indivíduos envolvidos.
 
Como mecanismos de interação social, instituições manifestam em ambas as organizações "formais", como o [[Congresso dos Estados Unidos]], ou a [[Igreja Católica]], e, também, em ''ordem social informal'' e da organização, refletindo a psicologia humana, cultura, hábitos e costumes, e que engloba a experiência subjetiva de decretos significativas. As instituições formais são explicitamente estabelecidas por uma autoridade pertinente e instituições informais são geralmente regras não escritas da sociedade, normas e tradições.<ref name=":0">{{citar web|url=http://www.gsdrc.org/topic-guides/inclusive-institutions/concepts-and-debates/defining-institutions/|título=Defining institutions|último =Carter|primeiro =Becky|data=|website=Governance and Social Development Resource Centre (GSDRC)|publicado=[[University of Birmingham]]|língua=en-US|acessodata=2016-07-03}}</ref>
 
== Exemplos de instituições ==