Ext

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Ext (extended file system) foi o primeiro sistema de arquivos criado especificamente para o Linux. Ele foi desenvolvido por Rémy Card para substituir o sistema de arquivos do MINIX (Minix FS), que havia sido inicialmente utilizado por Linus Torvalds para o recém-criado Linux.

História[editar | editar código-fonte]

A versão do sistema de arquivos do Minix adaptada por Torvalds possuía limitações importantes. O Ext foi criado para resolver essas limitações e incluído no Linux 0.96c (julho de 1992). Seu desenvolvimento foi facilitado pela implantação do VFS (virtual file system), inicialmente escrito por Chris Provenzano e posteriormente reescrito por Linus Torvalds. O VFS foi incorporado ao Linux 0.96a (maio de 1992).

A partir de 1993 o Ext passou a sofrer a concorrência do Xia FS e do Ext2. Ambos no Linux 0.99.7 (janeiro de 03). O Ext foi utilizado até a versão 2.0 do Linux, tendo desaparecido a partir da versão 2.2.0 (de janeiro de 1999).

Comparativo[editar | editar código-fonte]

O Ext ainda era limitado em comparação com o Xiafs e o Ext2. Além dos tamanhos máximos (para volumes e nomes), o Ext (assim como o Minix FS) usava apenas um rótulo de tempo, enquanto o Xia FS e o Ext2 passaram a registrar os tempos de acesso (atime), alteração de metadados (ctime) e modificação dos dados (mtime) do arquivo. Esses rótulos também são conhecidos por MAC time.

Característica Minix FS Ext Ext2 Xia FS
Tam. máx. sistema 64 MB 2 GB 4 TB 2 GB
Tam. máx. arquivo 64 MB 2 GB 2 GB 64 MB
Tam. máx. nome 16-30 car. 255 car. 255 car. 248 car.
Rót. tempo MAC não não sim sim

Quem achar fontes que possua algo do sistema de arquivo EXT, por favor editar este paragrafo.

Comparativo de algumas características de sistemas de arquivos Linux

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. CARD, Rémy; TS'O, Theodore; TWEEDIE, Stephen. Design and implementation of the Second Extended Filesystem. Proceedings of the First Dutch International Symposium on Linux. 1994. Disponível em http://web.mit.edu/tytso/www/linux/ext2intro.html. Acessado em 01 de outubro de 2007.
  2. Fontes do Linux. Disponíveis em http://www.kernel.org/pub/linux/kernel/. Acessado em 28 de dezembro de 2008.