Festival RTP da Canção 2006

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Festival RTP da Canção 2006
Festival Eurovisão da Canção
Edição
XL
Datas
Final 10 de março de 2006
Produção
Local Portugal Centro de Congressos de Lisboa, Lisboa, Portugal
Transmissão Portugal Televisão: RTP1
Actuações nos intervalos Medley de canções vencedoras dos Festivais.
Participantes
Número de participantes 10 intérpretes e 10 canções
Votação
Sistema de voto Júri de sala (50%) e televoto (50%) e cada um tinha 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto para atribuir às sua canções favoritas.
Canção vencedora "Coisas De Nada (Gonna Make You Dance)", Nonstop
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png  [[Festival RTP da Canção 2005|2005]] EuroPortugal.svg [[Festival RTP da Canção 2007|2007]]  Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O XL Festival RTP da Canção 2006 foi o quadragésimo Festival RTP da Canção e teve lugar no dia 10 de março de 2006 no Centro de Congressos de Lisboa.

Os apresentadores foram Helena Coelho, Daniel Oliveira, Isabel Angelino, Jorge Gabriel, Helena Ramos e Eládio Clímaco.

Festival[editar | editar código-fonte]

Após cinco anos ausente, o Festival RTP da Canção regressou em 2006, em moldes mais contemporâneos no que diz respeito à cenografia, com uso de leds no palco. Um Festival da Canção com uma imagem moderna e diferente, não só no seu visual, como também no formato.

Esta edição teve lugar no dia 10 de março, no Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira, em Lisboa, com a apresentação a cargo de 3 duplas de apresentadores: Helena Coelho e Daniel Oliveira, Isabel Angelino e Jorge Gabriel, e Helena Ramos e Eládio Clímaco.

A RTP convidou os seguintes cinco produtores a apresentarem duas canções cada: Renato Júnior, Luís Oliveira, Elvis Veiguinha, José Marinho e Ramón Galarza.

A escolha da canção vencedora foi da responsabilidade do júri de sala e do televoto na proporção de 50/50. O júri de sala foi composto por Fátima Lopes (estilista), Simone de Oliveira (cantora), Filipe La Féria (encenador), Tozé Brito (autor e compositor) e João Gobern (critico). Em caso de empate a decisão que prevaleceria seria a do júri de sala, como de facto veio a acontecer.

O júri de sala atribuiu a vitória ao tema interpretado pelas Nonstop e o segundo lugar à canção defendida por Vânia Oliveira, enquanto o televoto fez a escolha inversa, originando um empate.

A canção "Coisas De Nada (Gonna Make You Dance)" da autoria de José Manuel Afonso e Elvis Veiguinha, com produção deste último e interpretação das Nonstop foi consagrada vencedora, apesar da enorme contestação que se fazia sentir na sala.


Final - 10 de março de 2006
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Bruno Nicolau "Um dia direi" Gustavo Teixeira (m & l) 8
Lara Afonso "Alma nova" Luís Oliveira (m), António Avelar de Pinho (l) 8
Madison Lucia "Na noite és tu e eu" Douglas Temmo, José Manuel Afonso e Elvis Veiguinha (m), Slu Fernandes (l) 5 10º
Mariafolia "Bem mais além" José Marinho (m), António Avelar de Pinho (l) 8
Ricardo Moraes "Nunca mais te digo adeus" Ricardo Landum (m & l) 8
Vânia Oliveira "Sei quem sou (Portugal)" Carlos Coincas (m & l), José Liaça (m) 22
Natalie Insoandé "Durmo com pedras na cama" Luís Oliveira (m), António Avelar de Pinho (l) 12
Nonstop "Coisas De Nada (Gonna Make You Dance)" José Manuel Afonso, Elvis Veiguinha (m & l) 22
Beto "O amor é uma fonte" José Marinho (m), José Jorge Letria (l) 8
10º Cuca "As minhas guitarras" Ramón Galarza (m), Paulo Abreu Lima (l) 15

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências