Festival RTP da Canção 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Festival RTP da Canção 2000
Festival Eurovisão da Canção
Edição
XXXVI
Datas
Final 26 de março de 2000
Produção
Local Portugal Sala Tejo do Pavilhão Atlântico (atual Altice Arena), Lisboa, Portugal
Transmissão Portugal Televisão: RTP1
Actuações nos intervalos Homenagem a Amália Rodrigues
Maestro Armindo Neves
Participantes
Número de participantes 8 intérpretes e 8 canções
Votação
Sistema de voto A votação baseou-se nos 12 júris distritais que atribuíram 1 a 10 pontos às suas canções favoritas, por ordem de preferência.
Canção vencedora "Sonhos mágicos", Liana
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png  [[Festival RTP da Canção 1999|1999]] EuroPortugal.svg [[Festival RTP da Canção 2001|2001]]  Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O XXXVI Festival RTP da Canção 2000 foi apresentado por Rita Ferro Rodrigues e Gaspar Borges, num festival que foi ganho por Liana que cantou "Sonhos mágicos".

Festival[editar | editar código-fonte]

A estação pública de televisão abriu concurso para a aceitação de originais, tendo o júri de seleção apurado oito canções.

Este espetáculo dividiu-se em três partes, tendo sido apresentado por Rita Ferro Rodrigues e Gaspar Borges. O diretor musical do festival foi o maestro Armindo Neves. Na primeira parte assistimos ao desfile das oito canções concorrentes defendidas em palco. Na segunda parte teve lugar a uma homenagem a Amália Rodrigues, concebida por Filipe La Féria que contou com a participação dos seguintes artistas: Alexandra, Anabela, Carlos Paulo, Carlos Quintas, Helena Vieira, Henrique Feist, Jorge Fernando, José da Câmara, José Manuel Sousa, Mafalda Arnauth, Mariza, Paula Sá, Rita Ribeiro, Tonicha, Vicente da Câmara, Ruy de Carvalho e Marco Paulo. A terceira e última parte consistiu no momento de todas as decisões que couberam inteiramente aos júris reunidos nos centros de produção da RTP, o designado júri distrital, que elegeram Os Secreta Passagem (Mónica Ferraz e Miguel Braga) como os melhores intérpretes deste festival, tendo sido galardoados com o Prémio Melo Pereira, no valor pecuniário de 500 mil escudos.

"Sonhos mágicos" foi a canção vencedora, um tema de Maria da Conceição Norte (poema) e de Gerardo Rodrigues (música), com interpretação de Liana. O prémio atribuído ao tema vencedor teve um valor de 1500 mil escudos (cerca de 7482€). A cada uma das restantes canções concorrentes foi atribuída a quantia de 500 mil escudos.

Final - 26 de março de 2000
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
100 Nome "Lança em mim a moeda ao ar" Luís Filipe Estrela (m), Rui Machado (l) 51
Raquel Alão "De ti serei" Emanuel Ribeiro e João Guerra (m), Raquel Alão (l) 63
Paulo Terrão "O teu tempo" Paulo Terrão (m & l) 80
Trigal "Lenço de linho" Firmino Mendes (m), José Sarmento (l) 31
Secreta Passagem "Vai à procura" Miguel Braga (m & l) 73
Pedro Portas "Ave cega" Gerardo Rodrigues (m), Maria da Conceição Norte (l) 43
Alexandra Costa "Tantos adeus por dizer" António João Gata (m & l) 41
Liana "Sonhos mágicos" Gerardo Rodrigues (m), Maria da Conceição Norte (l) 86

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências