Francesco Moser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francesco Moser
Nascimento 19 de junho de 1951 (67 anos)
Giovo
Cidadania Itália
Ocupação ciclista desportivo

Francesco Moser (Giovo, 19 de junho de 1951) é um ex-ciclista profissional italiano que competia em provas de ciclismo de estrada, sendo um dos principais ciclistas entre meados da década de 1970 a meados da década de 1980. Tem como principais destaques em sua carreira a vitória no Giro d'Italia de 1984 e o Campeonato mundial de 1977. Entre outros feitos destacam-se também três vitórias consecutivas na Paris-Roubaix entre 1978 e 1980, além de vitórias nas provas clássicas.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua carreira profissional teve início em 1973 e durou até 1988, período no qual obteve 194 vitórias.

A figura de Moser era intimidadora sobre a bicicleta, no entanto, devido a sua constituição atlética, não era um grande escalador, ainda assim ganhou o Giro d'Italia de 1984, graças a vantagem adquirida nas etapas de contrarrelógio.

En 1984, Francesco Moser bateu o recorde mundial da hora, superando a marca estabelecida por Eddy Merckx em 1972. Este feito foi determinante na popularização das bicicletas aerodinâmicas que começavam a surgir no início dos anos 1980.[2]

Referências

  1. «Francesco Moser Biography». Cycling Hall of Fame.com. Consultado em 5 de agosto de 2009. 
  2. J. P. Partland (2006), Tour Fever: The Armchair Cyclist's Guide to the Tour de France, Editora Perigee, p134, ISBN 0399532552, 9780399532559