Francesco Moser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francesco Moser
Nascimento 19 de junho de 1951 (67 anos)
Giovo
Cidadania Itália
Irmão(s) Diego Moser, Aldo Moser, Enzo Moser
Ocupação ciclista desportivo

Francesco Moser (Giovo, 19 de junho de 1951) é um ex-ciclista profissional italiano que competia em provas de ciclismo de estrada, sendo um dos principais ciclistas entre meados da década de 1970 a meados da década de 1980. Tem como principais destaques em sua carreira a vitória no Giro d'Italia de 1984 e o Campeonato mundial de 1977. Entre outros feitos destacam-se também três vitórias consecutivas na Paris-Roubaix entre 1978 e 1980, além de vitórias nas provas clássicas.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua carreira profissional teve início em 1973 e durou até 1988, período no qual obteve 194 vitórias.

A figura de Moser era intimidadora sobre a bicicleta, no entanto, devido a sua constituição atlética, não era um grande escalador, ainda assim ganhou o Giro d'Italia de 1984, graças a vantagem adquirida nas etapas de contrarrelógio.

En 1984, Francesco Moser bateu o recorde mundial da hora, superando a marca estabelecida por Eddy Merckx em 1972. Este feito foi determinante na popularização das bicicletas aerodinâmicas que começavam a surgir no início dos anos 1980.[2]

Referências

  1. «Francesco Moser Biography». Cycling Hall of Fame.com. Consultado em 5 de agosto de 2009. 
  2. J. P. Partland (2006), Tour Fever: The Armchair Cyclist's Guide to the Tour de France, Editora Perigee, p134, ISBN 0399532552, 9780399532559