Fiorenzo Magni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fiorenzo Magni
Fiorenzo-magni-1353486241.jpg
Nascimento 7 de dezembro de 1920
Vaiano
Morte 19 de outubro de 2012
Monza
Cidadania Itália e Reino de Itália
Ocupação ciclista desportivo (d)
Prémios Cavaleiro da Ordem do Mérito da República Italiana, Colar de ouro do mérito esportivo, Star to sports merit, Medal at the athletic prowess
Informação equipa
Função Grand Tour
Causa da morte aneurisma cerebral
Estatísticas
Fiorenzo Magni no ProCyclingStats

Fiorenzo Magni (Vaiano, 7 de Dezembro de 1920-19 de outubro de 2012) foi um ciclista italiano.

Foi vencedor das edições de 1948, 1951 e 1955 Jersey pink.svg do Giro d'Itália e das edições de 1949, 1950 e 1951 do Tour de Flanders. Chegou a liderar o Tour de France de 1950, porém a seleção italiana obrigou-o a abandonar a prova depois de alegar que seu líder Gino Bartali teria sofrido agressões de torcedores em uma das etapas [1].

Ele é considerado um dos precursores do marketing esportivo, ao formar uma parceria com a Nivea, que tornou-se a primeira empresa de fora do ciclismo a patrocinar atletas[1].

Referências

  1. a b Revista VO2 Max de Novembro de 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]