Miguel Indurain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miguel Indurain.

Miguel Ángel Induráin Larraya, antigo ciclista espanhol nascido em Villava (Navarra, Espanha) em 16 de julho de 1964. Venceu o Tour de France durante cinco anos consecutivos.[1] Foi ainda galardoado com o prémio Príncipe de Asturias de los Deportes em 1992.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a sua carreira profissional em 1984 ao assinar com a equipa Reynolds, depois de ter passado os oito anos anteriores na equipa Villavés.[1] No ano em que passou a profissional participou nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, tendo terminado a temporada com dez vitórias.

Em 1985 participou pela primeira vez na Volta à França (Tour de France) e liderou a Volta à Espanha durante quatro dias.[1]

Durante alguns anos correu o Tour ajudando o seu companheiro de equipa Pedro Delgado, o qual ganhou a corrida francesa em 1988.

Miguel Indurain durante uma entrevista.

Em 1989 tornou-se o primeiro espanhol a ganhar a clássica Paris-Nice e ganhou pela primeira vez uma etapa do Tour.

Ganhou pela primeira vez a Volta à França em 1991 arrebatando ainda a vitória em duas etapas.[1]

Na temporada seguinte (1992) conseguiu ganhar duas das três grandes provas por etapas (o Tour e o Giro, disputados respectivamente em França e em Itália), sendo ainda o primeiro espanhol a ganhar a corrida italiana. Em 1993 repetiu ambas as vitórias.[1]

Em 1994 ganhou o Tour pela quarta vez consecutiva, contudo o russo Eugeni Berzin bateu-o no Giro. Em Setembro deste ano conseguiu bater o recorde da hora, destronando Chris Boardman o anterior recordista. Contudo, passado apenas um mês, o suíço Tony Rominger melhorou a marca de Induráin.

Em 1995 ganhou pela última vez a Volta à França, sendo este o seu quinto triunfo consecutivo, ganhando ainda o campeonato do mundo de contrarrelógio.[1]

Na sua última temporada conseguiu arrecadar o título olímpico de contrarrelógio individual nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996.[2]

A 2 de Janeiro de 1997 anunciou publicamente que se iria retirar do ciclismo profissional.

Palmarés resumido[editar | editar código-fonte]

  • Vencedor da Volta à França desde 1991 até 1995.
  • Vencedor da Volta à Itália de 1992 e 1993.
  • Vencedor da Volta à Catalunha de 1988, 1991 e 1992.
Recorde da Hora em 1994 com 53,040Km
  • Dauphiné Libéré (1995, 1996)
  • Paris-Nice (1989, 1990)
  • Clásica de San Sebastián (1990)
  • Critérium International (1989)
  • Tour of Catalonia (1988, 1991, 1992)
  • Tour de l'Avenir (1986)
No Campeonato do Mundo de ciclismo
  • Na prova de fundo: Medalha de bronze em 1991 e medalha de prata em 1993 e 1995.
  • Na prova de contra-relógio: Medalha de ouro em 1995.
  • Medalha de ouro na prova de contra-relógio dos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996.

Referências

  1. a b c d e f "Miguel Indurain" (em inglês). Cycling archives. Consult. 15 de outubro de 2015. 
  2. "Biografia e estatística olímpico de Miguel Indurain" (em inglês). Sports Reference. Consult. 15 de outubro de 2015. 
Cycling (road) pictogram.svg Este artigo sobre um(a) ciclista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.