Gena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gena
Informações pessoais
Nome completo Genival Costa de Barros Lima
Data de nasc. 11 de maio de 1943
Local de nasc. Recife (PE), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 12 de novembro de 2018 (75 anos)
Local da morte Recife (PE), Brasil
Apelido Gena, Índio
Informações profissionais
Posição Lateral-direito
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1962–1969
1969–1973
Náutico
Santa Cruz
Força e Luz

Genival Costa de Barros Lima, conhecido como Gena (Recife, 11 de maio de 1943Recife, 12 de novembro de 2018), foi um futebolista brasileiro que atuava como lateral-direito.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no Náutico, onde conquistou o hexacampeonato pernambucano (1963 - 1968). Em 1969, transferiu-se para o Santa Cruz, dando início a conquista do penta campeonato (1969-1973). Tornando-se assim um dos poucos, senão o único atleta a conquistar 11 títulos estaduais consecutivos.

Apesar de ter sido pentacampeão pela Santa Cruz, Gena, aos 38 anos, não conseguiu renovar com o clube. Talvez, pela idade. Ao deixar o Tricolor, recebeu uma proposta do Centro Esportivo Força e Luz, de Natal, no Rio Grande do Norte. Experiente, tornou-se treinador, mas sem deixar de jogar.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Conquistou pelo Náutico 13 títulos: hexacampeão pernambucano (1963-1968), tricampeão do Norte (1965-1967), vice-campeão brasileiro de 1967 (Taça Brasil), campeão do Torneio do Centenário de Campina Grande, campeão do Torneio Quadrangular dos 430 anos do Recife e campeão do Torneio Quadrangular de Salvador.

Conquistou pelo Santa Cruz 5 títulos: pentacampeão pernambucano (1969-1973).[1]

Gena ganhou o Prêmio Belfort Duarte. Criado em 1945 e concedida pela CBF, contempla os atletas "fair play" do Brasil.

Morte[editar | editar código-fonte]

Gena morreu na noite de 12 de novembro de 2018, no Hospital Memorial São José aos 75 anos, foi a óbito por conta de uma infecção no abdômen e estava internado há quase duas semanas. O velório do ex-jogador está marcado para as 11h, no Cemitério de Santo Amaro, no Recife. O enterro será às 16h.[2][3]

Referências

  1. «Gena». Site Terceiro Tempo. Consultado em 15 de novembro de 2016. Severino Filho 
  2. «Ídolo de Náutico e Santa, ex-lateral Gena morre no Recife». Globoesporte.com. 12 de novembro de 2018. Consultado em 13 de novembro de 2018 
  3. «Aos 75 anos, morre Gena, ídolo de Náutico e Santa Cruz». Jornal do Commercio. 12 de novembro de 2018. Consultado em 13 de novembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.