Gerardo Bedoya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gerardo Bedoya
Gerardo Bedoya com a camisa do Independiente Santa Fe ao lado da taça da Superliga de Colômbia, conquistada por ele e pelo clube em 2013.
Informações pessoais
Nome completo Gerardo Bedoya
Data de nasc. 26 de novembro de 1975 (43 anos)
Local de nasc. Ebéjico, Colômbia Colômbia
Nacionalidade Colômbia Colombiano
Altura 1,75 m
Destro
Apelido Gladiador
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição Lateral esquerdo e Meio-campo
Clubes de juventude
Equador Deportivo Pereira
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1993-1997
1998-2001
2001-2002
2002-2003
2004-2005
2005-
2005-
2005-2006
2006-2009
2010-
2010-
2011-2013
2014-2015
TOTAL
Equador Deportivo Pereira
Colômbia Deportivo Cali
Argentina Racing Club
Colômbia Deportivo Cali
Argentina Colón
México Puebla
Argentina Boca Juniors
Colômbia Atlético Nacional
Colômbia Millonarios
Colômbia Envigado
Colômbia Boyacá Chicó
Colômbia Independiente Santa Fe
Colômbia Cúcuta Deportivo
0045 0000(3)
0118 0000(5)
0054 0000(4)
0018 0000(2)
0033 0000(2)
0015 0000(1)
0003 0000(0)
0029 0000(4)
0102 000(11)
0007 0000(0)
0009 0000(0)
0090 000(13)
0013 0000(4)
0552 000(52)
Seleção nacional
2001-2006 Seleção Colombiana 0049 0000(4)
Medalhas
Copa América
Ouro Colômbia-2001 Equipe

Gerardo Bedoya de Galindo (Ebéjico, 26 de novembro de 1975) é um ex-futebolista colombiano que atuava como lateral-esquerdo e volante e que fez parte da seleção colombiana que conquistou a Copa América de 2001. Foi o jogador que mais foi expulso na história do futebol, com 601 partidas e 46 cartões vermelhos. [1] Aposentou-se dos gramados em 2015. Atualmente é assistente técnico do Independiente Santa Fe, clube na Primeira Divisão da Colômbia.

Recordista de Cartões Vermelhos[editar | editar código-fonte]

Futebolista do tipo viril, Gerardo Bedoya (conhecido como "o Gladiador"), detém o valente recorde de ser o jogador que mais vezes foi expulso (em todo o mundo), com um total de 46 expulsões em 601 partidas disputadas ao longo dos seus 17 anos de carreira como atleta profissional.[2][3]

Após se aposentar dos gramados, o ex-jogador protagonizou uma cena inusitada em 2016. Auxiliar técnico do Independiente Santa Fé, ele foi expulso logo na sua primeira oportunidade à beira do gramado, em confronto diante do Atlético Júnior, pelo Campeonato Colombiano.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Colombiana
Deportivo Cali
Racing Club
Santa Fe

Referências

  1. a b torcedores.com/ Recordista de cartões vermelhos é expulso logo na sua estreia como auxiliar técnico
  2. «Gerardo Bedoya, hombre récord de la Tarjeta Roja». futbolred.com (em Spanish). 23 de março de 2016. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  3. torcedores.com/ Top 3: Saiba quem são os jogadores mais vezes expulsos na história do futebol

Ligações externas[editar | editar código-fonte]