Gliese 581

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Astronomia.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde abril de 2010.

Gliese 581
Dados observacionais (J2000.0)
Constelação Libra
Asc. reta 15h 19m 27s
Declinação −07° 43′ 20,209″
Magnitude aparente 10,57
Características
Tipo espectral M3V
Variabilidade BY
Astrometria
Velocidade radial −9,5 ± 0,5
Mov. próprio (AR) 1233,51
Mov. próprio (DEC) 94,52
Paralaxe 160,91 ± 2,62
Distância 20,3 ± 0,3 anos-luz
6,2 ± 0,1 pc
Magnitude absoluta 11,6
Detalhes
Massa 0,31 M
Raio 0,29 R
Gravidade superficial 4,92 ± 0,10
Luminosidade 0,013 L
Temperatura 3.480 ± 48 K
Metalicidade [M/H] = −0,33 ± 0,12
Idade 7-11 × 109 anos
Outras denominações
HO Librae, HO Lib, BD−07°4003, GJ 581, HIP 74995, LFT 1195, LHS 394, LPM 564, LTT 6112, NLTT 39886, TYC 5594-1093-1, Wolf 562.
Gliese 581
Libra constellation map.png

Gliese 581 é uma estrela anã vermelha de tipo espectral M3V localizada a 20,3 anos-luz da Terra, na constelação da Libra. A a massa estimada da estrela é cerca um terço da massa solar. É o 89º sistema solar mais próximo do Sol.[1] A orbitar Gliese 581 existem seis planetas (por ordem crescente a contar de Gliese 581): Gliese 581 e, Gliese 581 b, Gliese 581 c, Gliese 581 g, Gliese 581 d e Gliese 581 f.[2][3]

Gliese 581 é famosa por ser a estrela em volta da qual orbita o provável primeiro planeta potencialmente habitável fora do Sistema Solar,Gliese 581 c, que foi descoberto em abril de 2007.[4] Gliese 581 tem aproximadamente um terço da massa do Sol e fica situada a 20,3 anos-luz na constelação de Libra. A descoberta do planeta foi anunciada por astrônomos de França, Portugal e Suíça em 24 de abril de 2007, e liderada por Stéphane Udry do Observatório de Genebra usando o instrumento HARPS do ESO (Observatório Europeu do Sul), localizado no Chile. A equipe usou a técnica de velocidade radial.

Em 29 de setembro de 2010, astrônomos do Observatório W. M. Keck anunciaram a descoberta de Gliese 581 f e Gliese 581 g, ambos com órbitas praticamente circulares. Gliese 581 g tem uma massa de 3-4 massas terrestres, com um período orbital de 37 dias, e provavelmente está na zona habitável de Gliese 581. No planeta há acoplamento de maré, ou seja, um lado dele está sempre virado para a estrela.[3]

Estrela[editar | editar código-fonte]

Comparação do tamanho do Sol (esquerda) e Gliese 581 (direita).

O nome Gliese 581 refere-se ao número de catálogo do Catálogo Gliese de estrelas próximas. Outros nomes para essa estrela são BD-07° 4003 (do Catálogo Durchmusterung) e HO Librae (designação de estrela variável). Gliese 581 não tem um nome individual como Sirius ou Procyon.[5][6] A estrela é uma anã vermelha com tipo espectral M3V, e está localizada a cerca de dois graus a norte de Beta Librae, a estrela mais brilhante da constelação de Libra. Gliese 581 é a 87ª estrela mais próxima ao Sol conhecida.[7]

Uma estrela anã de classe M como Gliese 581 tem uma massa muito menor que a do Sol, o que faz com que a região do núcleo da estrela queime hidrogênio mais lentamente. A partir da magnitude aparente e distância, pode-se estimar uma temperatura efetiva de 3.200 kelvin e uma luminosidade visual de 0,2% da luminosidade do Sol.[8]

Um planeta precisa de estar situado muito perto de Gliese 581, para assim receber uma quantidade de energia parecida à que a Terra recebe do Sol. A região em torno de uma estrela em que um planeta receberia aproximadamente a mesma energia que a Terra recebe é chamada de zona habitável. A extensão dessa zona não é fixa e muda muito de estrela para estrela.[9]

Sistema Planetário[editar | editar código-fonte]

Existem seis planetas confirmados a orbitar Gliese 581[10]:

  • Gl 581 b - Um planeta gasoso, massa de 5 vezes a da Terra
  • Gl 581 d - Um planeta rochoso,[carece de fontes?] com massa oito vezes maior que a Terra. O seu período orbital é de 66,8 dias terrestres. Se apresentar gases de efeito de estufa, é possível que seja um planeta com maior probabilidade de ser habitável do que Gl 581 c.
  • Gl 581 e - O planeta que está mais próximo da sua estrela, tem uma massa de apenas 1,9 vezes a massa da Terra.
  • Gl 581 f - Planeta com massa de 7 vezes a da Terra, e o mais distante em relação à estrela que orbita.
  • Gl 581 g - Planeta rochoso, até agora, o planeta que mais tem hipóteses de abrigar vida, além da Terra, com cerca de 90% de probabilidade,[11] sua massa é de 3 a 4 vezes a da Terra está na chamada zona habitável e esta no meio de 2 planetas um quente outro frio.

Dados do sistema[editar | editar código-fonte]

Nome Massa
(Mt)
Semieixo maior
(UA)
Período orbital
(dias)
Excentricidade Comparação
e ≥1,94 0,03 3,14942 ± 0,00045 0 Exoplanet Comparison Gliese 581 e.png
b ≥15,65 0,04 5,36874 ± 0,00019 0 Exoplanet Comparison Gliese 581 b.png
c ≥5,36 0,07 12,9292 ± 0,0047 0,17 ± 0,07 Exoplanet Comparison Gliese 581 c.png
g 3,1 0,14601 ± 0,00014 36,562 ± 0,052 n/d Exoplanet Comparison Gliese 581 g.png
d ≥7,09 0,22 66,80 ± 0,14 0,38 ± 0,09 Exoplanet Comparison Gliese 581 d.png
f 7,0 0,758 ± 0,015 433 ± 13 Exoplanet Comparison Gliese 581 f.png

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Research Consortium on Nearby Stars, Universidade do Estado da Geórgia. «THE 100 NEAREST STAR SYSTEMS» (em inglês) 
  2. Mayor; et al. (2009). «The HARPS search for southern extra-solar planets,XVIII. An Earth-mass planet in the GJ 581 planetary system» (PDF). Astronomy and Astrophysics 
  3. a b «Keck Observatory discovers the first Goldilocks exoplanet». W.M. Keck Observatory’s. Consultado em 29 de setembro de 2010 
  4. Achado 1º planeta habitável fora do sistema solar
  5. V* HO Lib -- Variable Star, database entry, SIMBAD. Página acessada em 21 de agosto de 2008.
  6. Entry 5594-1093-1, Tycho Catalogue, The Hipparcos and Tycho Catalogues, CDS ID I/239.
  7. «The One Hundred Nearest Star Systems». Research Consortium on Nearby Stars. Consultado em 21 de agosto de 2008 
  8. Udry, S.; Bonfils, X.; Delfosse, X.; Forveille, T.; Mayor, M.; Perrier, C.; Bouchy, F.; Lovis, C.; Pepe, F.; Queloz, D.; Bertaux, J.-L. (2007). «The HARPS search for southern extra-solar planets. XI. Super-Earths (5 and 8 M) in a 3-planet system». Astronomy and Astrophysics. 469 (3). pp. L43 – L47. doi:10.1051/0004-6361:20077612. Consultado em 18 de agosto de 2008 
  9. Selsis, J. F.; Levrard, B.; Paillet, J.; et al. (2007). «Habitable planets around the star Gl 581?». Astronomy and Astrophysics. 476 (3). pp. 1373 – 1387. doi:10.1051/0004-6361:20078091  Parâmetro desconhecido |ulitmo5= ignorado (ajuda); Parâmetro desconhecido |ulitmo6= ignorado (ajuda); |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda); Faltam os |sobrenomes2= em Authors list (ajuda); |nome5= sem |sobrenome5= em Authors list (ajuda); |nome6= sem |sobrenome6= em Authors list (ajuda)
  10. http://exoplanet.eu/star.php?st=Gl+581
  11. http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/descoberto-o-primeiro-exoplaneta-habitavel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gliese 581