Héctor Cincunegui

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Héctor Cincunegui
Informações pessoais
Nome completo Héctor Carlos Cincunegui de Los Santos
Data de nasc. 28 de julho de 1940
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade Uruguaio
Falecido em 13 de outubro de 2016 (76 anos)
Local da morte Montevidéu, Uruguai
Altura 1,70 m
Apelido Piolín
Gringo
Informações profissionais
Posição Lateral-direito / esquerdo
Clubes de juventude
Uruguai Danubio
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1955–
1958–1964
1964–1968
1968–1973
1970
1973–1974
Uruguai El Puente[carece de fontes?]
Uruguai Danubio
Uruguai Nacional
Brasil Atlético Mineiro
Uruguai Cerro (emp.)[1]
Brasil Náutico
Uruguai Danubio



194 (1)


Seleção nacional
1966 Flag of Uruguay.svg Uruguai
Times/Equipas que treinou
Uruguai Juventud de Las Piedras (auxiliar-técnico)

Héctor Carlos Cincunegui de Los Santos[2][3][4][5], mais conhecido apenas como Héctor Cincunegui (Montevidéu, 28 de julho de 1940 — Montevidéu, 13 de outubro de 2016[6]) foi um futebolista uruguaio, que atuou como lateral-direito e esquerdo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

No Brasil, atuou por Atlético Mineiro e Náutico, entre as décadas de 1960 e 1970.[7][8][9]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Após encerrar a carreira como lateral, tornou-se diretor técnico de diversos clubes[carece de fontes?].

Nos últimos anos, trabalhou como auxiliar-técnico do Juventud de Las Piedras, clube do seu país natal[10].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Seleção uruguaia
Atlético-MG[11]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Nacional

Referências

  1. VIEIRA, Roberto (19 de dezembro de 2012). «O mito da Copa de 66 e as barbas de Cincunegui». MemóriaFutebol.com. Consultado em 10 de outubro de 2014 
  2. Héctor Cincunegui. (em espanhol) Bolsolocos.com. Consultado em 10 de outubro de 2014.
  3. FERNANDES, Adriano (28 de julho de 2013). «Cincunegui: A Raça Uruguaia». MemóriaFutebol.com. Consultado em 10 de outubro de 2014 
  4. ROZENBERG, Marcelo. «Que Fim Levou? Cincunegui». TerceiroTempo.com. Consultado em 29 de julho de 2013 
  5. ZILLER, Adelchi Leonello (1997). Enciclopédia Atlético de Todos os Tempos. A vida, as lutas, as glórias do Clube Atlético Mineiro, o campeoníssimo das Gerais (em português) 2 ed. Belo Horizonte: [s.n.] 200 páginas. Consultado em 29 de julho de 2013 
  6. «Falleció Héctor "Piolín" Cincunegui» (em espanhol). Referi.uy. 14 de outubro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  7. «Hector Carlos Cincunegui de Los Santos». GaloDigital.com. Consultado em 29 de julho de 2013 
  8. «Biografias - Cincunegui». UOL.com. Consultado em 29 de julho de 2013 
  9. VIEIRA, Roberto (19 de dezembro de 2012). «O mito da Copa de 66 e as barbas de Cincunegui». MemóriaFutebol.com. Consultado em 29 de julho de 2013 
  10. FURTADO, Bruno; FONSECA, Rodrigo (Portal Uai) (15 de novembro de 2005). «Do Uruguai, Cincunegui manda um recado aos atleticanos». SuperEsportes.com. Consultado em 29 de julho de 2013 
  11. Hector Carlos CINCUNEGUI de los Santos. OCantoDoGalo.com. Consultado em 10 de outubro de 2014.