Oldair Barchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oldair Barchi
Nome nativo Oldair Barchi
Nascimento 1 de julho de 1939
São Paulo
Morte 31 de outubro de 2014 (75 anos)
Belo Horizonte
Cidadania Brasil
Estatura 173 centímetros
Peso 73 quilogramas
Ocupação futebolista

Oldair Barchi, mais conhecido como Oldair (São Paulo, 1 de julho de 1939Belo Horizonte, 31 de outubro de 2014) foi um futebolista brasileiro que atuava como lateral-esquerdo, entre outras posições.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira no Palmeiras, clube pelo qual foi campeão paulista em 1959 e vencedor do Torneio Rio-São Paulo em 1960. Depois transferiu-se para o futebol carioca, onde jogou 5 anos pelo Fluminense e mais 3 pelo Vasco. Em 1966, chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira, mas disputou apenas um jogo amistoso, sendo dispensado antes da Copa do Mundo.

Em 1968, numa troca envolvendo o meio-campista Buglê, Oldair foi para o Atlético/MG, tendo sido o capitão do grande time atleticano dirigido por Telê Santana que acabou sendo o primeiro campeão brasileiro de clubes.

Oldair é o autor do gol histórico do Atlético/MG dentro do Mineirão, quando marcou o gol da vitória por 1 a 0 (em uma cobrança de falta) contra o São Paulo, pela fase final do Campeonato Brasileiro de 1971 e garantindo que o "galo" jogasse pelo empate na partida final contra o Botafogo no Maracanã.[2]

Encerrou sua carreira no extinto ESAB de Contagem, Minas Gerais e faleceu de câncer em outubro de 2014.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Referências