Coroa do Avião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ilhota da Coroa do Avião)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coroa do Avião
7° 48′ 58,5″ S, 34° 50′ 21″ O
Geografia física
País  Brasil
Localização  Pernambuco
Altitude média m
Área 2 hectares ou 0,02[1]  km²
O maçarico-branco frequenta a ilha durante sua migração.

Coroa do Avião é uma ilhota localizada no município de Igarassu no estado brasileiro de Pernambuco.[1] Com aproximadamente 560 metros de extensão por 80 m de largura, é basicamente um banco de areia (croa) coberto de vegetação e algumas construções. A ilha tem paisagem e pôr do sol que atraem turistas, e no local existem sete palhoças turísticas onde há restaurantes rústicos que servem sobretudo frutos do mar.[1]

O acesso à ilha é feito por pequenas jangadas a motor.[2] Contudo, quando a maré está baixa, há a possibilidade de ir a pés até a praia de Mangue Seco, no continente, assim como praticar mergulho.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Etimologicamente, "croa" ou "coroa" refere-se a um banco de areia branca (geralmente próximo a foz de rios).[3]

História[editar | editar código-fonte]

Até a década de 1970, Coroa do Avião era um banco de areia que emergia apenas na maré baixa. Com o acumulo constante de sedimentos arenosos trazidos pelo mar e pelo canal de Santa Cruz a ilha se estabilizou e vegetação cresceu naturalmente ou foi introduzida pelo homem.[4]

Características[editar | editar código-fonte]

Situada a sudeste da Ilha de Itamaracá,[2] próximo ao canal de Santa Cruz, que separa esta do continente, a ilhota dista 50 km de Recife e apresenta uma superfície de dois hectares de área não inundável.[1]

Desde 1994, a ilhota abriga a Estação de Estudos Sobre Aves Migratórias e Recursos Ambientais (EARA — Igarassu), de responsabilidade da Universidade Federal Rural de Pernambuco.[1] Nela pousam sobretudo diversas espécies de gaivotas e maçaricos migratórios.[1] Tais aves vão todos os anos à ilha (de agosto a abril) em virtude da riqueza e disponibilidade de invertebrados marinhos encontrados lá durante a baixa-mar.[5] O objetivo principal da estação é estudar e conservar os recursos ambientais costeiros de Pernambuco, por isso nela são realizadas pesquisas e atividades de capacitação em ornitologia, especificamente de aves limícolas que migram do Ártico até o litoral brasileiro, para então seguir sua rota migratória.

São desenvolvidas também pesquisas nas áreas de cartografia (utilização de aerofotos verticais, 35 mm), engenharia de pesca e fontes alternativas de energia, em especial energia solar.

Referências

  1. a b c d e f Adm. do portal (2010). «Coroa do Avião». Prefeitura de Igarassu. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  2. a b Da redação (24 de janeiro de 2013). «Pequenas jangadas levam à ilhota Coroa do Avião». Folha de S.Paulo – Turismo. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  3. Redatores do Aulete (2007). «Verbete: Croa». Dicionário Caldas Aulete. Consultado em 4 de janeiro de 2014 
  4. Sociedade Brasileira de Geologia (2002). Anais. [S.l.]: Ed. Própria 
  5. Wallace Telino-Júnior et alii (2003). «Censo de aves migratórias na Coroa do Avião». Revista Brasileira de Zoologia. Consultado em 7 de fevereiro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.