Indústrias Reunidas Frateschi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frateschi
Indústrias Reunidas Frateschi Ltda
Tipo Ltda
Fundação 1958 (57 anos)
Fundador(es) Galileu Frateschi
Sede Ribeirão Preto, São Paulo,  Brasil
Produtos Brinquedos, Ferromodelismo
Antecessora(s) Fábrica de Brinquedos Frateschi
Sítio oficial Página oficial

A Indústrias Reunidas Frateschi, fundada em 1958, é a única empresa na América Latina especializada na fabricação de trens elétricos em miniatura na escala HO (1/87), para o hobby conhecido como ferromodelismo.

Localizada em Ribeirão Preto estado de São Paulo, tem como principal foco reproduzir locomotivas e vagões utilizados nas ferrovias brasileiras em suas diversas fases. Exporta produtos específicos para países como: África do Sul, Argentina, Austrália, Estados Unidos, Nova Zelândia, Suíça e Taiwan (RC).[1] Também produz miniaturas de construções e infraestrutura como trilhos, além de outros itens necessários para montar uma maquete ferroviária.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O que é hoje a Indústrias Reunidas Frateschi, começou no quintal de Galileo Frateschi, como uma oficina de brinquedos de madeira e bichos de pelúcia. Era 1958 e Celso, um dos 4 filhos do casal Galileo e Célia, então com 15 anos, já a algum tempo, demonstrava interesse especial pelos trens, na época movidos a corda. Atual dono da Frateschi, Carlos recorda que o amor pelos trens elétricos foi fundamental para formar sua vocação. Vários anos mais tarde, ele iria para a USP de São Carlos, de onde sairia formado engenheiro mecânico, em 1966.[2]

Um ano depois, Carlos Frateschi uniu-se ao pai na direção da agora Indústrias Reunidas Frateschi, que passou a fabricar acessórios para kits de trenzinhos produzidos então apenas pela Atma Paulista. "A Atma tinha lançado uma linha de trens e nós queríamos crescer à sombra dela", admite. Foi só em 1975 que a Frateschi lançaria sua primeira locomotiva, e em 1978 seu primeiro kit completo, com vagão e trilhos. Celso não se recorda de quanto investiu em 1981, ao finalmente construir sua fábrica de 700 m2, onde ainda está instalado, na zona norte de Ribeirão Preto. Ele se recorda, no entanto, que entre 1986 e 1989, investiu cerca de US$ 500 mil na ampliação das instalações para 1.000 m2 e na compra de novos equipamentos.[2]

Hoje em dia, as réplicas da Frateschi são perfeitas reproduções em escala dos trens de companhias como a Ferrocarriles Argentinos, Amtrak, Southern Pacific e Canadian Pacific, entre outras. Segundo Carlos: "Há três categorias de trens: os dos tigres asiáticos, baratos e de baixa qualidade; os europeus, caros e de alta qualidade; e os norte-americanos, de preço e qualidade intermediários. Creio que estamos dentro desta última categoria".[2]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1958 como Fábrica de Brinquedos Frateschi, que produzia bichos de pelúcia, mobília de madeira e pequenos trens de lata. Logo começaram a surgir os primeiros produtos de ferromodelismo: postes telegráficos, postes e catenárias para rede aérea. No ano de 1967 a Fábrica de Brinquedos Frateschi passa a chamar-se Indústrias Reunidas Frateschi Ltda. e torna-se inteiramente voltada ao ferromodelismo. No ano de 1973 a Frateschi lança seu primeiro catálogo. No ano de 1979 o lançamento do Informativo Frateschi. No ano de 1988, foi lançada a Revista Brasileira de Ferromodelismo, que veio substituir o Informativo Frateschi. Em 1993 ela começa a exportar para os Estados Unidos através da Atlas e Modelpower e pela primeira vez desenvolveu produtos direcionados a um público que não o brasileiro.[3]

Modelos produzidos[editar | editar código-fonte]

Locomotivas[editar | editar código-fonte]

Desde julho de 2008 foram produzidos os seguintes modelos de locomotivas:[4]

MODELO TIPO INICIO DA PRODUÇÃO RODAGEM PINTURAS
5200 Elétrica 2011 C-C CPEF e FEPASA
U23C Diesel-Elétrica 2008 C-C RFFSA (Fase I) e MRS
C30-7 Diesel-Elétrica 2007 C-C MRS, C. Quintella, ALL e Brasil Ferrovias
2-C+C-2 ou V8 Elétrica 2004 2-C+C-2 Central, Cia Paulista (Fase I e II), RFFSA (Fase I) e FEPASA (Fase II e III)
Ten-Wheeler Vapor 1995 4-6-0 Central, Cia Paulista, Mogiana, Pennsylvania, Atchison Topeka & Santa Fe e Denver & Rio Grande Western
Consolidation Vapor 1991 2-8-0 Central, Cia Paulista, Sorocabana, Pennsylvania, Atchison Topeka & Santa Fe, Denver & Rio Grande Western e Baltimore & Ohio
U5B Diesel-Elétrica 2000 B-B MRS, RFFSA (Fase I) e ALL
G12 / G8 Diesel-Elétrica 1975 B-B Cia Paulista (Fase II), RFFSA (Fase I), EFVM (Fase II) e FEPASA (Fase II e III)
G12 Diesel-Elétrica 2006 A-1-A RFFSA (Fase I), EFVM (Fase II), New Zealand Railways (Fase I e II) e Ferrocarriles Argentinos
G22U / G22CU Diesel-Elétrica 1984 B-B e C-C G22U - RFFSA (Fase I e II) e ALL
G22CU - RFFSA (Fase I), ALL, Ferrocarriles Argentinos, NCA (Argentina), Metropolitano (Argentina), Ferrovia (Argentina), Taiwan (R.O.C)
FA-1 Diesel-Elétrica 1989 B-B RFFSA (Fase I), Central, New York Central, Erie, Lehigh Valley, Pennsylvania e Soo Line
U-20-C Diesel-Elétrica 1986 C-C RFFSA (Fase I), MRS, Brasil Ferrovias, FEPASA (Fase II e III), New Zealand Railways (Fase II), South African Raiways e Ferrosur Roca

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Onde Comprar? Frateschi - Trens Elétricos Indústrias Reunidas Frateschi Ltda.. Visitado em 20/06/2015.
  2. a b c Marília de Camargo César. (23/11/1994). "Fábrica começou em fundo de quintal". Gazeta Mercantil.
  3. Cronologia Frateschi - Trens Elétricos Indústrias Reunidas Frateschi Ltda.. Visitado em 20/06/2015.
  4. Locomotivas Frateschi - Trens Elétricos Indústrias Reunidas Frateschi Ltda.. Visitado em 20/06/2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]