Influenza A subtipo H7N9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vírus H7N9 visto ao microscópio eletrônico

O vírus influenza H7N9 aviário é um subtipo de Influenzavirus A que em geral causa influenza aviária.

Em 2013 o Ministério da Saúde Chinês comunicou a Organização Mundial da Saúde a identificação, pela primeira vez, de um novo vírus A(H7N9) recombinante causando doenças em humanos.[1] Em 23 de maio de 2017, a Organização Mundial da Saúde informou mais 23 infecções humanas na China, o que elevou o número total para 688 infecções.[2]

Pandemia[editar | editar código-fonte]

Especialistas afirmam que não está descartada a possibilidade de transmissão entre pessoas; caso isto ocorra de maneira sustentada, é possível ser iniciada uma Pandemia. Especialistas em saúde global - incluindo a Fundação Bill Gates, Organização Mundial da Saúde, CDC - advertem que o sistema de resposta a doenças infecciosas está quebrado. Em nenhum lugar prepara-se para combater uma pandemia[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «The fight against bird flu». Nature. 496 (7446): 397. 24 de abril de 2013. PMID 23627002. doi:10.1038/496397a. Consultado em 23 de maio de 2016 
  2. «H7N9 in China, Update» (em English). USA CDC. Consultado em 26 de maio de 2017 
  3. The World Is Not Ready for the Next Pandemic publicado pela Time Magazine (2017)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]