Jacuí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Jacuí (desambiguação).
Jacuí
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Jacuí
Bandeira
Brasão de armas de Jacuí
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Mãe do Sudoeste Mineiro"
Gentílico jacuiense
Localização
Localização de Jacuí em Minas Gerais
Localização de Jacuí em Minas Gerais
Mapa de Jacuí
Coordenadas 21° 01' 01" S 46° 44' 27" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária[1] Varginha
Região imediata[1] São Sebastião do Paraíso
Municípios limítrofes Fortaleza de Minas, Passos, Bom Jesus da Penha, São Pedro da União, Guaranésia, Monte Santo de Minas, São Sebastião do Paraíso[2]
Distância até a capital 397 km
História
Fundação 1750 (271 anos)[3]
Aniversário 19 de julho
Administração
Prefeito(a) Maria Conceição dos Reis Pereira[4] (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [6] 409,738 km²
População total (Estimativa IBGE/2017[7]) 7 809 hab.
Densidade 19,1 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 37965-000 a 37967-999[5]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[8]) 0,668 médio
PIB (IBGE/2015[9]) R$ 95 092,38 mil
PIB per capita (IBGE/2015[9]) R$ 12 217,96
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Conceição[10]
Sítio jacui.mg.gov.br (Prefeitura)
jacui.mg.leg.br (Câmara)

Jacuí é um município do estado de Minas Gerais, no Brasil.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Jacuí" se origina do tupi antigo îaku'y, que significa "rio dos jacus" (îaku, "jacu" + 'y, "rio").[11]

História[editar | editar código-fonte]

Entre 1700 e 1750, os índios caiapós, que habitavam a região, foram dizimados pelos invasores de origem europeia. Entre 1747 e 1750, foi a vez de os quilombos, que abundavam na região, serem dizimados por Bartolomeu Bueno do Prado. Em 1750, o guarda-mor da Minas do Rio Verde, Francisco Martins Lustosa (natural de Santiago de Lustosa, no bispado de Braga), fundou Jacuí. Por volta de 1755, foi encontrado ouro na região, que passou a atrair grande quantidade de garimpeiros. Para tributar o ouro, a coroa portuguesa criou, na região, os "Registros Fiscais" e as "Passagens dos Rios". Em 1798, Jacuí, Campanha e Aiuruoca eram os três principais povoados da vila de São João del Rey.

Em 1801, nasceu, em Jacuí, Honório Hermeto Carneiro Leão, que viria a se tornar um importante estadista e político da época imperial. Em 1814, a freguesia de "São Pedro de Alcântara do Jacuhy" emancipou-se da vila de Campanha da Princesa e mudou seu nome para "São Carlos do Jacuí". Em 1869, Jacuhy foi elevada à categoria de cidade. Mas, no ano seguinte, foi rebaixada à condição de freguesia pertencente a São Sebastião do Paraíso. Em 1881, Jacuhy se desligou de São Sebastião do Paraíso e passou a constituir um município independente.[12]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2017 era de 7 809 habitantes.[7]

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de Guaxupé.

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jacuí

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. IBGE (2009). «Mapa Político do Estado de Minas Gerais» (PDF). Consultado em 22 de maio de 2010 
  3. Arquivo Público Mineiro, 1899.
  4. [https://politica.estadao.com.br/eleicoes/2020/candidatos/mg/jacui
  5. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  6. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  7. a b «Estimativa Populacional 2017». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 22 de março de 2018 
  8. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015 
  9. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2015». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 22 de março de 2018 
  10. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 3. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  11. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 578.
  12. A história de Jacuí. Disponível em http://eniculturaearte.com.br/2013/01/a-historia-de-jacui-mg-a-origem-do-nome-os-prefeitos-e-o-resumo-da-historia-nilva-video-producoes/ Arquivado em 26 de agosto de 2016, no Wayback Machine.. Acesso em 21 de junho de 2016.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.