James Williamson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Williamson
Ao vivo com o Stooges em 2012 no Brussels Summer Festival
Informação geral
Nome completo James Robert Williamson
Nascimento 29 de outubro de 1949 (67 anos)
Origem Castroville (Texas), Texas
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock, Protopunk, Garage rock, Punk rock
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 1966 – 1980
2009 – atualmente
Outras ocupações Músico, compositor, produtor musical, engenheiro eletrônico
Gravadora(s) Columbia Records, Bomp Records, Radar Records
Afiliação(ões) The Stooges, Iggy Pop
Página oficial http://straightjameswilliamson.com

James Williamson (Castroville (Texas), Texas, 29 de outubro de 1949) foi guitarrista dos Stooges de 1971 a 1974. Entrou para o grupo mudando o curso daquilo que era conhecido como "The Stooges". Também trabalhou como produtor musical de 3 discos da carreira solo de Iggy Pop. Entre 1982 e 2009 trabalhou no Vale do Silício como engenheiro eletrônico chegou a ocupar o cargo de vice presidente de um dos setores da empresa Sony.

The Stooges[editar | editar código-fonte]

Após a dissolução do The Stooges em 1971, David Bowie reformula o grupo depois de Iggy e James tentarem alguns músicos, inclusive Mick Ronson, Trevor Bolder e Mick Woodmansey dos Spiders From Mars. Mas Iggy Pop não se contentou e de Londres, ligou para os irmãos Asheton em Detroit, irmãos que para Iggy, eram incapazes de "montar um aquário", (crítica em relação a qualidade musical deles). Bowie passa Ron Asheton para o baixo, fecha com a CBS Records e gravam Raw Power (1973), conhecido como sendo a trilha sonora do fim do mundo. Raw Power não é considerado por Ron Asheton como sendo um trabalhos dos Stooges e sim como um projeto de Iggy Pop e James Williamson. Ron nunca se sentiu inserido nessa formação, mas diz ter gostado de participar do álbum e dos shows até 1974. Mais tarde, Iggy Pop e James Williamson lançam o que para alguns, foi considerado o quarto álbum dos Stooges, o nome desse trabalho foi intitulado Kill City lançado em 1977, gravado na casa do romântico clássico Jimmy Webb em Los Angeles. Em 1979, voltou a trabalhar com Iggy na produção do álbum New Values e pré-produziu o álbum seguinte, Soldier.

Trabalho no Vale do Silício[editar | editar código-fonte]

Depois de seu último trabalho caótico com Iggy Pop, tendo inclusive brigado com o convidado de estúdio David Bowie, Williamson desistiu da produção do disco antes mesmo de terminar e se aposentou como músico, se concentrando na sua carreira em eletrônica, em 1982 foi graduado pela Universidade Politécnica do Estado da Califórnia.[1] Eventualmente acabou se tornando vice presidente de padrões de tecnologia da Sony. Em entrevista Williamson disse que desistiu de ser um Stooge para estudar cálculo. Desenvolveu placas de computador, trabalhou com geeks que não tinham idéia sobre o seu passado e nunca haviam escutado os Stooges.[2]

Reunião com os Stooges[editar | editar código-fonte]

Depois se uma aposentadoria precoce de seu posto na Sony em 2009, Williamson se juntou novamente ao Iggy & The Stooges depois da morte de Ron Asheton. Como ensaio para os shows com o Stooges ele tocou por um tempo com uma banda chamada Careless Hearts, o primeiro show de Williamson em 35 anos foi com eles no Blank Club em San Jose, Califórnia em setembro de 2009.

Sua re-estréia com os Stooges aconteceu no festival brasileiro Planeta Terra em São Paulo no dia 7 de novembro de 2009.[3] A banda juntou material do álbum Raw Power e algumas músicas do começo da carreira solo de Iggy Pop.[4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

com Iggy & The Stooges[editar | editar código-fonte]

com Iggy Pop[editar | editar código-fonte]

  • Kill City (1975) - Guitarra, backing Vocals, produtor, mixagem
  • New Values (1979) - Produtor, guitarra, backing vocals
  • Soldier (1980) - Produtor (não aparece nos créditos)
  • A Million in Prizes: The Anthology (1980)

Referências

  1. «From punk rocker to Sony exec - Video - Fortune». Money.cnn.com. 17 de junho de 2010. Consultado em 25 de fevereiro de 2011 
  2. Entrevista pelo The Guardian em 11/03/2010: http://www.guardian.co.uk/music/2010/mar/11/iggy-and-the-stooges-raw-power
  3. «Globo.com». Consultado em 13 de outubro de 2010 
  4. «Stooges Play First Gig with New Lineup». SPIN.com. 11 de novembro de 2009. Consultado em 25 de fevereiro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.