Jequeri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Jequeri
"Jeque"
"Jeke"
"Jec City"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 7 de setembro de 1923
Gentílico jequeriense
Lema Poder e justiça
Padroeiro(a) Santa'Ana[1]
CEP 35390-000 a 35399-999[2]
Prefeito(a) Adilson Lopes Silva (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Jequeri
Localização de Jequeri em Minas Gerais
Jequeri está localizado em: Brasil
Jequeri
Localização de Jequeri no Brasil
20° 27' 21" S 42° 39' 57" O20° 27' 21" S 42° 39' 57" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008 [3]
Microrregião Ponte Nova IBGE/2008 [3]
Municípios limítrofes Sericita, Araponga, Canaã, Pedra do Anta, Amparo do Serra, Oratórios, Urucânia e Santo Antônio do Grama.
Distância até a capital 220 km
Características geográficas
Área 547,817 km² [4]
Distritos Sede, Piscamba, Grota, São Vicente do Grama, Pouso Alegre da Mata
População 12 901 hab. Est. IBGE/2016[5]
Densidade 23,55 hab./km²
Altitude 412 m
Clima Mesodérmico
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,662 médio PNUD/2000 [6]
PIB R$ 140 416,359 mil IBGE/2015[7]
PIB per capita R$ 10 426,34 IBGE/2015[7]
Página oficial
Prefeitura www.jequeri.mg.gov.br
Câmara www.camarajequeri.mg.gov.br

Jequeri é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Sua origem está na formação do antigo povoado de Santana do Jequeri, na margem esquerda do rio Casca, por volta de 1848. Os primeiros moradores eram fazendeiros que foram para a região atraídos pela fertilidade da terra.

Segundo a tradição, o nome do local foi inspirado num antigo morador, o velho Miguel Jequeri. Santana do Jequeri tornou-se distrito em 1855 e teve sua denominação reduzida para Jequeri. Sua emancipação ocorreu em 1923. Diz uma lenda que o município se acabará em areia, devido a praga de um padre, insatisfeito com um habitante do local que cortou o rabo de seu burro - (Fonte: Secretaria da Cultura em 1 de Outubro de 1999)

População estimada 2005 em 01.07.2005 12.738. Área da unidade territorial (km²) aprox. 548 - Fonte IBGE.

Turismo[editar | editar código-fonte]

  • Mirante do Cerca Lá
  • Cachoeira do Chalé
  • Cachoeira Grande
  • Cachoeira do Inferno
  • Coreto Tenente Mol
  • Igreja Matriz de Sant'Ana.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 6. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  5. «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Jequeri». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 23 de outubro de 2018 
  8. «Listagem dos Circuitos Turísticos». Circuito Turístico Montanhas e Fé. Consultado em 15 de outubro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.