Johann Friedrich Agricola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Friedrich Agricola
Nascimento 4 de janeiro de 1720
Dobitschen
Morte 2 de dezembro de 1774 (54 anos)
Berlim
Nacionalidade Alemanha alemão
Ocupação Compositor, organista, cantor, pedagogo, e escritor sobre música

Johann Friedrich Agricola (Dobitschen, 4 de janeiro de 1720 - Berlim, 2 de dezembro de 1774) foi um compositor, organista, cantor, pedagogo, e escritor sobre música alemão. Às vezes escreveu sob o pseudônimo de Flavio Anicio Olibrio.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Agricola nasceu em Dobitschen, Turíngia. Quando era estudante de Direito em Leipzig, estudou música com Johann Sebastian Bach. Em 1741 foi para Berlim, onde estudou composição musical com Johann Joachim Quantz.

Logo foi reconhecido por todos como um dos organistas mais hábeis de seu tempo. O sucesso de sua ópera cômica, Il Filosofo convinto in amore, apresentada em Potsdam, em 1750, levou-o a ser nomeado compositor da corte de Frederico, o Grande. Em 1759, com a morte de Carl Heinrich Graun, foi nomeado regente da orquestra real. Casou-se com a notável soprano Benedetta Emilia Molteni, um casamento que o rei aparentemente desaprovou.

Durante sua vida, Agricola escreveu uma série de óperas italianas, assim como lieder, prelúdios para corais, várias outras peças para instrumentos de teclas e música sacra, especialmente oratórios e cantatas. Sua fama repousa principalmente, em seus escritos teóricos e críticos sobre temas musicais. Em 1754, Agricola co-escreveu com Carl Philipp Emanuel Bach um obituário para Johann Sebastian Bach. Sua Anleitung zur Singekunst (Introdução à Arte de Cantar), de 1757, é uma tradução do tratado de 1723 de Pier Francesco Tosi, Opinioni de' cantori antichi e moderni, com extensos comentários do próprio Agricola.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]