John Richard Hicks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de John R. Hicks)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros resultados, veja Hicks.
John Richard Hicks
Nascimento 8 de abril de 1904
Leamington Spa
Morte 20 de maio de 1989 (85 anos)
Blockley
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Alma mater Balliol College

Sir John Richard Hicks, Kt. (Leamington Spa, 8 de abril de 190420 de maio de 1989) foi um economista britânico, professor da London School of Economics e da Universidade de Oxford.

Recebeu o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 1972.

Hicks contribuiu com quatro inovações para a economia.

A primeira foi a introdução da ideia de elasticidade da substituição. Hicks utilizou-a para demonstrar que, contrariamente à alegação marxista, o progresso técnico que leva a uma poupança de mão de obra não reduz necessariamente a percentagem de mão de obra do rendimento nacional.

O segundo contributo importante de Hicks foi a invenção do "modelo IS-LM". Este é uma representação gráfica do argumento apresentado por Keynes na Teoria Geral sobre o modo como uma economia pode estar em equilíbrio abaixo do nível pleno de emprego. Hicks publicou o modelo um ano depois da publicação da obra de Keynes.

O terceiro contributo importante de Hicks foi a obra Value and Capital. Nela demonstrou que a maior parte das ideias e convicções dos economistas sobre a teoria do valor (a teoria sobre o porquê do valor dos bens) pode ser alcançada sem necessidade de recorrermos ao pressuposto de que a utilidade é mensurável. Esta obra de Hicks foi também um dos primeiros trabalhos sobre o equilíbrio geral, isto é, a teoria sobre o modo como os mercados interagem mutuamente e alcançam o equilíbrio.

O quarto contributo de Hicks foi a ideia do teste de compensação. Antes deste teste, os economistas tinham relutância em afirmar que determinado resultado era preferível a outro. E isto porque mesmo uma política que beneficiasse milhões de pessoas podia prejudicar outras. Hicks pergunta: Será que os beneficiados podem compensar os prejudicados na medida total do seu prejuízo, ficando, mesmo assim, em melhor situação económica? Se a resposta for positiva, a política em questão terá passado no "teste de compensação de Hicks".

Autor de várias obras, dentre as quais se destacam Value and Capital (1938), Capital and Growth (1965) e A Theory of Economic History (1969). De um modo geral, Hicks examinou os seguintes assuntos em sua carreira:

  • expectativas, equilíbrio e desequilíbrio
  • preços fixados e a teoria dos mercados
  • dinâmica: mudanças, flutuações e crescimento
  • trabalho, produção e substituição
  • capital e acumulação
  • moedas, finanças e liquidez
  • Keynes e economia keynesiana
  • causalidade econômica: circunstâncias e explicações
  • história econômica

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Simon Kuznets
Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel
1972
com Kenneth Arrow
Sucedido por
Wassily Leontief


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.