José Augusto Bezerra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Augusto Bezerra
Nome nativo José Augusto Bezerra
Nascimento 1 de junho de 1948 (71 anos)
Alto Santo
Cidadania Brasil
Alma mater Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade da Universidade Federal do Ceará
Ocupação administrador, empresário, escritor, bibliófilo
Prêmios Academia Cearense de Letras, Sereia de Ouro
Empregador Philips

José Augusto Bezerra (Alto Santo, 1 de junho de 1948), é um administrador, empresário, bibliófilo e membro da Academia Cearense de Letras.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Apaixonado pelos livros, José Augusto Bezerra foi o fundador e primeiro Presidente da Associação Brasileira de Bibliófilos. É Presidente do Instituto do Ceará e Membro da Academia Cearense de Língua Portuguesa e Academia Fortalezense de Letras. Cearense de Alto Santo, entre outros afazeres, dedicou a vida à formação de uma importante biblioteca. Uma história que começou aos 11 anos de idade. Filho de Américo Bezerra Cunha e Maria Joviana Bezerra, casou-se aos 19 anos com Maria Bernadete de Oliveira Bezerra.[2][3]

É pai de 4 filhos e tem 5 netos. Dois anos depois, entra para a Phillips do Brasil, onde passa mais de duas décadas e teve o trabalho reconhecido com 8 medalhas de ouro. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Ceará, o executivo de sucesso também foi orador, palestrante e líder no Serviço Voluntário. Escreveu diversos ensaios para importantes antologias e revistas nacionais. É autor de vários livros, sendo o primeiro deles “O Espírito do Sucesso”, um romance épico lançado em 2004. Criou o Memorial Rachel de Queiroz,[4] e a Medalha Cultural José Mindlin, da Associação Brasileira de Bibliófilos.[5][6][7]

Bibliofilia[editar | editar código-fonte]

Realizou várias exposições de livros, edições raras, além de ter organizado a feira do sebo e encontros nacionais de bibliófilos. Entre outras atividades realizadas na área cultural, estão a conclusão do Memorial Barão de Studart; criação de hemeroteca com jornais dos séculos XIX e XX, do Ceará, considerada uma das melhores do Nordeste; criação do laboratório de restauração e encadernação de obras raras do Instituto do Ceará.[8][9][10]

A vasta biblioteca do agraciado é consultada por inúmeros intelectuais e foi visitada por estudiosos como Aurélio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre. A biblioteca reúne 27.000 volumes raros e tem coleções expressivas em várias áreas do conhecimento: literatura infantil, língua tupi-guarani, manuscritos sobre o Brasil e primeiras edições de grandes escritores brasileiros. Possui o maior conjunto de dicionários do Brasil, e uma coletânea única de correspondências e primeiras edições das obras de José de Alencar. Tem ainda os maiores acervos do país de livros sobre oratória e, particularmente, sobre o Ceará. Arquivos importantíssimos, organizados e cuidados por um bibliófilo de vocação.[11][12][13]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Uma história do Brasil em manuscritos (2011),
  • A Impressão Régia no Brasil e no Ceará,[14]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Academia Cearense de Letras - Site oficial». www.ceara.pro.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  2. «José Augusto Bezerra». ihgb.org.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  3. «Os 6 mandamentos do bibliófilo» 
  4. «Acervo de uma vida». Academia Brasileira de Letras. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  5. «José Augusto Bezerra». ihgb.org.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  6. «Oscar Araripe - Parva sed Bona/Sobre José Augusto Bezerra». www.oscarararipe.com.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  7. «Bibliofilia: O universo do livro - Portal Vermelho» 
  8. «José Augusto Bezerra e Ubiratan Aguiar, Edson Queiroz Neto e Batista de Lima (2)». Tapis Rouge 
  9. «Cid Carvalho e José Augusto Bezerra serão homenageados». cnews.com.br 
  10. «Acervo de Rachel de Queiroz. Coleção passa por restauração e catalogação». www.opovo.com.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  11. «Discurso de Premiação - José Augusto Bezerra». fariasbrito.com.br 
  12. «Cid Carvalho e José Augusto Bezerra são os agraciados com a Medalha Hermenegildo de Sá Cavalcante! - Galeria por Márcia Travessoni». Galeria por Márcia Travessoni. 6 de setembro de 2017 
  13. «Academia Cearense de Letras reinaugura o Palácio da Luz - Agito DN». Agito DN. 10 de fevereiro de 2017 
  14. «A Impressão Régia no Brasil e no Ceará» (PDF). academiacearensedeletras.org.br 
  15. «Bibliófilo José Augusto Bezerra «  Sereia de Ouro». hotsite.verdesmares.com.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  16. «Decreto 50 Outorga Título José Augusto Bezerra». mauriti.ce.gov.br. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  17. «José Augusto Medeiros - Agraciado com título de Cidadão Iracemense». camarairacema.ce.gov.br 
Precedido por
Pedro Henrique Saraiva Leão
Academia Cearense de Letras Emblema.png 15º Presidente da
Academia Cearense de Letras

2013 — 2016
Sucedido por
Ubiratan Aguiar