José Guedes Brandão de Melo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

José Guedes Brandão de Melo ComCCvAComAComSEMPCE (Porto, Massarelos, 30 de Outubro de 1846 - 23 de Setembro de 1919) foi um militar e político português.

Família[editar | editar código-fonte]

Filho de Francisco Brandão de Melo Cogominho e de sua mulher e prima-irmã Maria da Natividade Guedes de Portugal e Meneses.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Moço Fidalgo da Casa Real com exercício no Paço.[1][3] Senhor da Quinta da Bonjóia, em Campanhã, no Porto.

Assentou praça a 23 de Agosto de 1867, sendo promovido a Alferes a 4 de Janeiro de 1871, a Tenente a 20 de Janeiro de 1873, a Capitão a 5 de Junho de 1878, a Major a 7 de Novembro de 1889, a Tenente-Coronel a 9 de Junho de 1894, a Coronel a 22 de Novembro de 1900, a Brigadeiro e, finalmente, a General de Divisão de Artilharia.[3] Foi Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada por Decreto de 23 de Janeiro de 1901, Comendador da Ordem Militar de Cristo, Cavaleiro e Comendador da Ordem Militar de Avis, Medalha de Prata de Comportamento Exemplar e Medalha de 2.ª Classe da Ordem do Mérito Militar de Espanha.[4]

Deputado da Nação, Governador Civil do Distrito da Guarda, 92.º Governador de Cabo Verde entre 1891 a 1896,[5] Conselheiro de El-Rei D. Carlos I de Portugal, etc.[1][3]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou a 10 de Maio de 1877 com Maria dos Prazeres Mimoso da Costa Pereira de Alpoim de Carvalho (Celorico da Beira, Linhares, 3 de Fevereiro de 1859 - ?), Senhora da Casa dos Mimosos, filha herdeira de Bernardo Mimoso da Costa Pereira de Alpoim, Senhor das Casas da Avelenda, dos Mimosos, e Senhor dos Morgados de São Simão e São Silvestre, etc., e de sua mulher Maria do Carmo de Carvalho Rebelo Teixeira de Sousa Alcoforado (22 de Março de 1833 - ?), da Casa do Poço, em Lamego, e bisneta do 1.º Visconde de Peso da Régua e sobrinha-neta do 1.º Conde de Vila Pouca. Foram pais, entre outros, de António Mimoso Brandão de Melo.[1][3][6]

Referências

  1. a b c d "Costados Nobres de Portugal", D. Gonçalo de Mesquita da Silveira de Vasconcelos e Sousa e José Manuel de Seabra da Costa Reis, Livraria Esquina, 1.ª Edição, Porto, 1992, Árv. 65
  2. "Anuário da Nobreza de Portugal - 1985", Direção de Manuel de Mello Corrêa, Instituto Português de Heráldica, 1.ª Edição, Lisboa, 1985, Tomo II, p. 350
  3. a b c d "Costados", D. Gonçalo de Mesquita da Silveira de Vasconcelos e Sousa, Livraria Esquina, 1.ª Edição, Porto, 1997, Árv. 73
  4. "Portugal - Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico", João Romano Torres - Editor, 1904-1915, Volume IV, p. 985
  5. «Lista de Lista de governadores de Cabo Verde». Rulers.org 
  6. "Anuário da Nobreza de Portugal - 1985", Direção de Manuel de Mello Corrêa, Instituto Português de Heráldica, 1.ª Edição, Lisboa, 1985, Tomo II, p. 351