José Luis Encarnação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde outubro de 2012). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Luís Encarnação
Nascimento 30 de maio de 1941 (76 anos)
São Domingos de Rana, Cascais
Nacionalidade Portugal Português
Alma mater TU Berlin
Prêmios Prêmio Karl Heinz Beckurts (1989), Medalha Konrad Zuse (1997)
Campo(s) Ciência da computação

José Luis Moreira da Encarnação (São Domingos de Rana, 30 de maio de 1941) é um cientista da computação português, Professor Emeritus na Alemanha e conselheiro de Governos, Empresas Multinacionais, organizações de investigação e fundações nas áreas de inovação e tecnologia.

Inventou o padrão gráfico Graphical Kernel System (GKS). Contribuiu significativamente para o avanço da computação gráfica.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho único, José Luis Moreira da Encarnação frequentou uma escola da órdem católica dos salesianos.

Com uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian, José Luis Encarnação estudou engenharia elétrica na Universidade Técnica de Berlim, onde obteve o doutorado em 1970, com uma tese sobre computação gráfica tridimensional.

Após trabalhar no Instituto Fraunhofer de Telecomunicações em Berlim, foi professor assistente na Universidade do Sarre em Saarbrücken. Em 1975 tornou-se professor ordinário da Universidade Técnica de Darmstadt da cátedra de sistemas gráficos interativos. É orientador de mais de 80 trabalhos de doutorado.

Após assumir sua cátedra em Darmstadt, fundou em 1984 o Zentrum für Graphische Datenverarbeitung (ZGDV), sendo seu diretor executivo até 2009. Em 1987 foi fundado em Darmstadt o Instituto Fraunhofer de Computação Gráfica (IGD), que José Luis Encarnação dirigiu até outubro de 2006.

Em 2001 José Luis Encarnação foi chefe do novo Grupo Informação e Comunicação (em alemão: Information und Kommunikation (IuK)) da Fraunhofer-Gesellschaft, composto por 15 institutos. Nesta função atuou no Conselho Diretor da Fraunhofer-Gesellschaft. Em 2009 tornou-se professor emérito.[2]

José Luis Encarnação é casado com Karla Eggeling, tendo o casal três filhos.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Computer graphics. Gerätetechnik, Programmierung und Anwendung graphischer Systeme. 1975. Várias novas edições.
  • com L. Miguel Encarnação e Wolfgang R. Herzner: Graphische Datenverarbeitung mit GKS. Normung, Programmierung und Weiterentwicklungen. Praktische Einführung mit 40 lauffähigen Programmen auf dem IBM Personal Computer. 1987.

Como editor[editar | editar código-fonte]

  • Periódico Computers & Graphics.

Condecorações e prémios[editar | editar código-fonte]

José Luis Encarnação é membro da Academia de Ciência e Engenharia da Alemanha (acatech).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista da computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.