Joseph Alioto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joseph L. Alioto
36° Prefeito de São Francisco
Período 8 de Janeiro de 1968
a 8 de Janeiro de 1976
Antecessor(a) John F. Shelley
Sucessor(a) George Moscone
Vida
Nome completo Joseph Lawrence Alioto
Nascimento 12 de fevereiro de 1916
São Francisco, California
Morte 29 de janeiro de 1998 (81 anos)
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Progenitores Mãe: Domenica Mae Lazio
Pai: Giuseppe Alioto
Prole Angela Alioto, Patrick Joseph Sullivan Alioto
Dados pessoais
Alma mater Universidade Católica da América
Cônjuge Angelina Genaro Alioto (1941-1977)
Kathleen Sullivan Alioto (1978-1998)
Partido Democratas
Religião Católico romano
Profissão Político

Joseph Lawrence Alioto (12 de fevereiro de 1916 - 29 de janeiro de 1998) foi um político norte-americano, sendo prefeito de São Francisco de 1968 a 1976.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Alioto participou de Sacred Heart High School (hoje Catedral do Sagrado Coração Preparatória). Ele se formou com honras da faculdade de St Mary (Moraga, Califórnia), em 1937 e na faculdade de Direito da Universidade Católica da América em 1940.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Alioto serviu no Conselho de Educação San Francisco (1948-1954), e na década de 1960, serviu como presidente da Agência Redevelopment da cidade. Alioto entrou na corrida para prefeito em 1967, quando John Shelley, o titular, curvou-se fora da corrida, supostamente por causa da má saúde, mas provavelmente porque Alioto foi mais pró-desenvolvimento que Shelley.

Joseph Alioto foi eleito no dia 08 de janeiro de 1968, serviu um mandato, e foi com folga reeleito em 1971. Alioto entregou a nomeação na Convenção Nacional Democrática em 1968. Havia rumores de que Humphrey iria selecionar Alioto como seu companheiro de chapa, mas Humphrey selecionou Edmund Muskie.

Prática da lei[editar | editar código-fonte]

Alioto trabalhou para a Divisão Antitruste do Departamento de Justiça e, em seguida, para o Conselho de Economia de Guerra. Ele voltou para San Francisco após a Segunda Guerra Mundial e começou uma prática antitruste, representando Walt Disney e Samuel Goldwyn, entre outros, tornando-se um milionário.

Em 1980, ele representou Al Davis e Oakland Raiders em um caso antitruste, marco intitulado "Los Angeles Colisuem Comissão v. The NFL". O caso estabeleceu o direito de franquias de futebol para mover-se para mercados de futebol nos Estados Unidos sem a aprovação dos outros proprietários de franquia. Em 1993, ele representou seu pai-de-lei, Billy Sullivan, em sua ação judicial contra a NFL. O tribunal decidiu que Sullivan foi forçado pela liga para vender sua equipe no valor abaixo do mercado e concedeu-lhe $114 milhões.

Morte[editar | editar código-fonte]

Alioto morreu de câncer de próstata em San Francisco em 29 de Janeiro de 1998 e foi enterrado no "Cypress Lawn Cemetery[1]" em Colma, Califórnia. Um cenotáfio está localizado na Holy Cross Cemetery (Secção D).

Legado[editar | editar código-fonte]

Alioto presidiu um momento de turbulência e de mudança em São Francisco. Eventos que ocorreram durante seu mandato como prefeito incluídos contenda na Haight-Ashbury com a cultura das drogas, manifestações contra a Guerra do Vietnam, o início do Castro District Gay, marchas Pantera Negra, Os assassinatos da zebra e assassinatos zodíaco. Ele correu em uma plataforma de reduzir impostos e combater a criminalidade.

Alioto colocou sua energia por trás do desenvolvimento de três grandes projetos de construção: o Bay Area Rapid Transit System (BART); a Pirâmide Transamérica; e ao Centro Embarcadero. Alioto ajudou a trazer mais minorias na política da cidade, lançou uma reforma da Carta da cidade, e mediada polícia prolongadas e greves de bombeiros em 1975.

Joseph L. Alioto Recreation Center

A Joseph L. Alioto Recreation Center em sua alma mater, a Faculdade do Saint Mary, em Moraga, aberta em 2015 e nomeado após ele. A facilidade de financiamento privado custar US$ 23,5 milhões, e inclui um centro de esportes aquáticos ao ar livre, equipamentos de exercício interior, uma parede de escalada e um café. O centro serve o corpo estudantil geral, enquanto os atletas do time do colégio utilizar instalações de treinamento dedicados separadamente.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 1970, o estado de Washington, três cidades, uma autoridade portuária e oito serviços públicos trouxeram uma ação civil pública contra Alioto porque ele dividiu uma taxa de US$ 2,3 milhões em um caso antitruste com Washington State Attorney, General John J. O'Connell e um O'Connell deputado, George Faler.

O caso começou em 1962 e O'Connell retido Alioto, um advogado de anti-trust muito bem sucedido, para trabalhar no caso. Originalmente, Alioto concordou em receber 15% do que foi premiado com um limite de US$ 1 milhão. Mais tarde, O'Connell, aparentemente sem dizer aos seus clientes, aboliu o teto taxa. Alioto acabou de receber aproximadamente US$ 2,3 milhões e doou US$ 802.815 dessas taxas para O'Connell e George Faler. O Estado e outros grupos processaram para ter todos $2,3 milhões devolvidos. O julgamento levou seis meses e o júri, por unanimidade, decidiu que os três tinham direito a US$ 2,3 milhões.

Alioto também foi indiciado por um júri federal em março de 1971 relativa a acusações de suborno por causa dos meios pelos quais as taxas foram premiadas. Quando o caso foi a tribunal, Alioto foi absolvido das acusações federais por um juiz que estava convencido de que um júri não condenaria ao considerar as provas.

Referências

  1. Epstein, Edward (3 de fevereiro 1998). «Festive Homage To Joe Alioto Wins Support». The San Francisco Chronicle [S.l.: s.n.] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]