Jyotisha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.

Jyotisha é o sistema hindu de astrologia, uma das seis disciplinas do Vedanta, e considerada como uma das mais velhas escolas da astrologia antiga tendo uma origem independente, interagindo com todas as outras escolas na Índia. O termo em sânscrito deriva de jyótis (desmembrado em "Ja"+"Ya"+"O"+"T"+"ish" para chegar ao significado que é "água ou nascer" + "além de" + "terra" e "estrelas" + "conhecimento" equavalente àquele que tem conhecimento, ou iluminado com conhecimento, do nascimento, destino, e relações com a água, terra e estrelas) ou ainda quer dizer "luz, brilhante", mas no plural também pode significar "os corpos estelares, planetas e estrelas". Jyotish pode de fato ser entendido como a "ciência dos corpos estelares". De fato, Jyotish tem historicamente sido parte de uma contínua aproximação "holistica" para a vida e as práticas espirituais dentro do cotidiano Hindu predominante na Índia.

Jyotisha é frequentemente discutido como um elemento instrucional do Rig Veda, e da mesma forma como um Vedanga, ou "parte separada" dos Vedas.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]