Portal:Hinduísmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 ver · editar Hinduísmo


O Om ou Aum é o mantra mais importante do hinduísmo e outras religiões
O Om ou Aum é o mantra mais importante do hinduísmo e outras religiões

Hinduísmo é uma tradição religiosa que se originou no subcontinente indiano. É frequentemente chamado de Sanātana Dharma (सनातन धर्म) pelos seus praticantes, frase em sânscrito que significa "a eterna (perpétua) darma (lei)". Num sentido mais abrangente, o hinduísmo engloba o bramanismo, isto é, a crença na "Alma Universal", Brâman; num sentido mais específico, o termo se refere ao mundo cultural e religioso, ordenado por castas, da Índia pós-budista.De acordo com o livro História das Grandes Religiões, "o hinduísmo é um estado de espírito, uma atitude mental dentro de seu quadro peculiar, socialmente dividido, teologicamente sem crença, desprovido de veneração em conjunto e de formalidades eclesiásticas ou de congregação: e ainda substitui o nacionalismo". Entre as suas raízes está a religião védica da Idade do Ferro na Índia e, como tal, o hinduísmo é citado frequentemente como a "religião mais antiga", a "mais antiga tradição viva" ou a "mais antiga das principais tradições existentes".

É formado por diferentes tradições e composto por diversos tipos, e não possui um fundador. Estes tipos de sub-tradições e denominações, quando somadas, fazem do hinduísmo a terceira maior religião, depois do cristianismo e do islamismo, com aproximadamente um bilhão de fiéis, dos quais cerca de 905 milhões vivem na Índia e no Nepal. Outros países com populações significativas de hinduístas são Bangladesh, Sri Lanka, Paquistão, Malásia, Singapura, ilhas Maurício, Fiji, Suriname, Guiana, Trindade e Tobago, Reino Unido, Canadá e Estados Unidos.

 ver · editar Artigo selecionado


Lâmpadas diya, acesas em honra do retorno de Rama de Ayodhya, que deram seu nome ao Diwali
Lâmpadas diya, acesas em honra do retorno de Rama de Ayodhya, que deram seu nome ao Diwali

O Diwali (também transcrito Deepavali ou Deepawali) é uma festa religiosa hindu, conhecida também como o festival das luzes. Durante o Diwali, celebrado uma vez ao ano, as pessoas estreiam roupas novas, dividem doces e lançam fogos de artifício. Este festival celebra, entre outras histórias, a destruição de Narakasura por Sri Krishna, o que converte o Diwali num evento religioso que simboliza a destruição das forças do mal.

O Diwali é um grande feriado indiano, e um importante festival para o hinduísmo, o sikhismo, o budismo e o jainismo. Muitas histórias são associados a Diwali. O feriado é atualmente comemorado pelos hindus, sikhs e jains em todo o mundo como o festival das luzes, onde as luzes ou lâmpadas significam a vitória do bem sobre o mal dentro de cada ser humano. Diwali é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika, que ocorre no mês de outubro ou novembro, sendo uma época de muita religiosidade, votos de sacrifício e introspecção.

Em muitas partes da Índia, é o Baile do Rei Ramachandra em Ayodhya,após 14 anos de exílio na floresta. Sri Rama, um dos avatares de Vishnu, derrotou o mal encarando em Ravana, que havia raptado sua esposa Sitadevi. O povo de Ayodhya (a capital do seu reino) congratulou-se com Rama por iluminação em fileiras (avali) das lâmpadas (Deepa), dando assim o seu nome: Deepavali. Esta palavra, em devido tempo, se tornou Diwali em hindi. Mas, no sul indiano em algumas línguas, a palavra não sofreu qualquer alteração e, portanto, o festival é chamado Deepavali no sul da Índia. Existem várias observâncias do feriado em toda a Índia. (leia mais...)

 ver · editar Imagem selecionada



Escultura da deusa Durga.
 ver · editar Sabia que...


... que originalmente descrito como o Senhor dos ladrões, Kubera (imagem) é agora venerado como o deus hindu da riqueza e o regente do Norte?

... que a cidade de Rawalsar, Himachal Pradesh, Índia, é sagrada para três religiões principais - Hinduísmo, Sikhismo e Budismo?

... que Vidyadharas, semi-deuses da mitologia hindu, ordenharam a Mãe Natureza, que assumiu a forma de uma vaca, para coletar poderes místicos e a arte de voar como seu leite?

... que o Hinduísmo permite o jejum voluntário à morte, conhecido como Prayopavesa, para uma pessoa que não tem nenhum desejo ou ambição deixada e nenhuma responsabilidade permanecendo na vida?

... que Tao Porchon-Lynch, que estudou com Sri Aurobindo e Indra Devi, foi reconhecido como o professor de yoga mais antigo do mundo aos 95 anos de idade?

... que de acordo com a mitologia hindu, o Tandava, uma dança vigorosa pelo deus hindu Shiva, é a fonte do ciclo de criação, preservação e dissolução do universo?


 ver · editar Colabore!


Colabore!
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com ao Hinduísmo na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado. Página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados ao Hinduísmo dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Melhore a qualidade dos artigos sobre Hinduísmo em geral. Muitos deles carecem de fontes, o que compromete sua credibilidade;
  • Ajude a ampliar os esboços sobre Hinduísmo;
  • Crie ou adicione artigos pedidos sobre Hinduísmo.


 ver · editar Categorias


sem subcategorias
sem subcategorias
sem subcategorias
 ver · editar Portais relacionados
 ver · editar Wikimedia


Hinduísmo no Commons Hinduísmo no Commons
Imagens e mídia
Hinduísmo no Wikcionário Hinduísmo no Wikcionário
Definições
Hinduísmo no Wikilivros Hinduísmo no Wikilivros
Livros didáticos e manuais
Hinduísmo no Wikinotícias Hinduísmo no Wikinotícias
Notícias
Hinduísmo no Wikiquote Hinduísmo no Wikiquote
Citações
Hinduísmo no Wikisource Hinduísmo no Wikisource
Biblioteca
Hinduísmo na Wikiversidade Hinduísmo na Wikiversidade
Recursos de aprendizado