Línguas iranianas do noroeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As línguas iranianas do noroeste são um ramo das línguas iranianas ocidentais que evoluíram a partir do noroeste da Pérsia (atual Irã).

Dentre as línguas mais antigas que evoluíram nesta região estão a língua meda e a língua parta, ambas extintas. Atualmente, o curdo é a principal língua deste grupo, que inclui ainda os subgrupos das línguas cáspias e Zaza-Gorani, entre outros[1].

História[editar | editar código-fonte]

Historicamente, a fase moderna das línguas iranianas sobrepõe-se à islamização das terras de fala iraniana no século VII. A fase média inicia-se no século III a.C. e o estágio mais antigo remonta a inícios do segundo milénio a.C.[2].

Grupos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Northwestern Iranian (em inglês) Ethnologue. Pesquisa em 25/04/17
  2. "Dialectology and Topics" (em inglês) Gernot Windfuhr, 2009, The Iranian Languages, Ed. Routledge. Pesquisa em 02/05/17