Lawrence Wright

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lawrence Wright
Nascimento 02 de agosto de 1947 (70 anos)
Oklahoma City, Oklahoma
 Estados Unidos
Nacionalidade norte-americana
Alma mater Tulane University
Gênero literário Não-ficção
Página oficial
www.lawrencewright.com

Lawrence Wright (nascido em 2 de agosto de 1947) é um autor vencedor do Prémio Pulitzer, roteirista, escritor contratado da revista The New Yorker, e membro do Center for Law and Security da New York University School of Law. Wright é mais conhecido como autor do livro de 2006 O vulto das torres - A Al-Qaeda e o caminho até 11/9 e mais recentemente como autor do livro Prisão da Fé - Cientologia, Celebridades e Hollywood lançado em 2013.

Formação[editar | editar código-fonte]

Wright se graduou na Woodrow Wilson High School em Dallas, Texas, em 1965 e foi introduzido no Hall da Fama da escola em 2009 .[1] Ele é formado na Tulane University e ensinou inglês na Universidade Americana do Cairo no Egito por dois anos; ele conquistou um Master of Arts em Linguística Aplicada em 1969.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1980 Wright começou a trabalhar para a revista Texas Monthly e contribuiu para a revista Rolling Stone. No final de 1992, ele se juntou à equipe de The New Yorker.[2]

O vulto das torres - A Al-Qaeda e o caminho até 11/9[editar | editar código-fonte]

Autor de vários livros, Wright no entanto ficou muito conhecido por sua publicação de 2006, O vulto das torres - A Al-Qaeda e o caminho até 11/9. Tornando-se rapidamente um bestseller, O vulto das torres recebeu o prêmio J. Anthony Lukas Book Prize,[3] e em 2007 o Prémio Pulitzer de Não Ficção Geral, e é frequentamente citado por alguns alguns comentaristas de mídia como sendo uma excelente fonte de informação concretas sobre Al Qaeda e os ataques de 11 de setembro. O título do livro é de uma frase retirada do Alcorão 4:78: "Onde quer que vos encontrardes, a morte vos alcançará, ainda que vos guardeis em fortalezas inexpugnáveis" (em uma das traduções oficiais em inglês, ao invés de "fortalezas inexpugnáveis", usa-se torres iminentes - em inglês "looming towers" - daí provém-se o título em inglês), que foi citada por Osama bin Laden três vezes em um discurso gravado em vídeo que foi visto como direcionado para os sequestradores do 11 de setembro.[4]

Prisão da Fé - Cientologia, Celebridades e Hollywood[editar | editar código-fonte]

Wright escreveu um perfil sobre o ex-cientologista Paul Haggis para a The New Yorker.[5] Após esse trabalho, ele decidiu focar na produção de um livro sobre Cientologia, Prisão da Fé - Cientologia, Celebridades e Hollywood, em janeiro de 2013. O livro contém entrevistas com atuais e ex-cientologistas, e examina a história e a liderança da organização.[6] Em uma entrevista para o The New York Times, Wright declarou que vinha recebendo "inúmeras" cartas ameaçando-o com medidas judiciais por parte de advogados representantes da Cientologia e celebridades que pertencem a igreja.[6] Wright conversou com mais de duzentos atuais e ex-cientologistas para o livro.[6][7] A Igreja publicou um comunicado oficial através seu website Scientology Newsroom e um blog listando suas refutações.[8][9]

Outros projetos[editar | editar código-fonte]

Lawrence Wright, 2007

Entre outros livros de Wright está Remembering Satan: A Tragic Case of Recovered Memory (1994), sobre o caso de falsa memória de Paul Ingram. Em 7 de junho de 1996, Wright testemunhou na audiência de absolvição de Ingram.[carece de fontes?]

Wright também co-escreveu o roteiro do filme Nova York Sitiada (1998), que conta a estória de um ataque terrorista em Nova York que leva à redução de liberdades civis e a formação de multirões de árabes-americanos.[10] Um script que Wright escreveu originalmente para Oliver Stone foi transformado em vez em um filme digno de elogios produzido pelo Showtime, Noriega: God's Favorite (2000).[carece de fontes?]

Um documentário estrelando Wright, My Trip to Al-Qaeda, estreou na HBO em setembro de 2010. Foi baseado em suas viagens e experiências no Oriente Médio durante sua pesquisa para O vulto das torres - A Al-Qaeda e o caminho até 11/9. My Trip to Al-Qaeda aborda temas que vão desde o estado atual do regime na Arábia Saudita até aos históricos fundamentos do 11 de setembro.[carece de fontes?]

Wright também toca teclado em um projeto de blues chamado WhoDo, em Austin, Texas, .[2]

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Peças teatrais[editar | editar código-fonte]

Artigos[editar | editar código-fonte]

Referêcias[editar | editar código-fonte]

  1. Unmuth, Katherine Leal (26 de abril de 2009). «Alumni gather to celebrate Woodrow Wilson High's 80th anniversary». The Dallas Morning News. Consultado em 21 de agosto de 2010 
  2. a b c «Lawrence Wright: About». Consultado em 17 de setembro de 2013 
  3. «J. Anthony Lukas Prize Project winners». Nieman Foundation for Journalism at Harvard. Consultado em 16 de março de 2011 
  4. Wright, Lawrence (2006). The Looming Tower: Al-Qaeda and the Road to 9/11. New York: Knopf. p. 350. ISBN 978-0-375-41486-2 
  5. Thornton, Kim (17 de novembro de 2012). «Lawrence Wright's Book on Church of Scientology Coming in January». Knopf Publishers 
  6. a b c Mcgrath, Charles (3 de janeiro de 2013). «Scientology Fascinates the Author Lawrence Wright». The New York Times 
  7. «Going Clear: Scientology, Hollywood and the Prison of Belief: How Lawrence Wright Got it So Wrong». 28 de novembro de 2013 
  8. Church of Scientology International (13 de janeiro de 2013). «Statement on Lawrence Wright's book». Consultado em 29 de novembro de 2013 
  9. Church of Scientology International (2013). «How Lawrence Wright Got It So Wrong: A Correction of the Falsehoods in Lawrence Wright's Book on Scientology». Consultado em 29 de novembro de 2013 
  10. Amos, Deborah (30 de março de 2007). «Lawrence Wright's 'Trip to Al-Qaeda'». National Public Radio 
  11. Kirsten Reach (14 de janeiro de 2014). «NBCC finalists announced». Melville House Publishing. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  12. «Announcing the National Book Critics Awards Finalists for Publishing Year 2013». National Book Critics Circle. 14 de janeiro de 2014. Consultado em 14 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lawrence Wright